Receita Federal Restituição 2014

links patrocinados

Receita Federal Restituição 2014

Saiba o que é, quando e como resgatar a Restituição 2014

A Secretaria da Receita Federal é o órgão do governo responsável pelos impostos e suas cobranças, por evitar e combater a sonegação, e por supervisionar e prevenir o tráfico e o contrabando.

Todos os anos é necessária a prestação de contas de cada cidadão para com o governo. Portanto, todo cidadão que ganhou mais de R$ 24.556 no ano de 2014, deve declarar o imposto de renda. A restituição desse valor acontece quando o contribuinte que pagou a mais durante o ano. Na hora da declaração, se houverem muitas deduções com gastos médicos ou dependentes, há a possibilidade do cidadão ter dinheiro para restituir, ou seja, receber de volta.

Como saber se tenho direito a restituição?

A consulta é feita pela internet, através do site da Receita Federal. É necessário o número do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) para realizar a consulta. É possível escolher também o ano a ser consultado. Este ano, a restituição disponível para os anos entre 2008 e 2013.

Se o contribuinte não foi listado nos lotes de restituição mesmo tendo direito à devolução, é importante a verificação do extrato da declaração e conferir se não há pendências ou incoerências no documento enviado à Receita. Caso haja, é de extrema importância realizar a correção para evitar cair na malha fina.

Como sei quando posso resgatar o dinheiro?

Entre junho e dezembro, são programados sete lotes de pagamento. O mês de junho é dedicado ao pagamento para idosos, pessoas com deficiências ou que apresentam doenças graves. Seguem essas liberações nos próximos meses, por ordem de entrega da declaração do imposto de renda.

É aconselhável consultar regularmente se foi liberada a restituição. Há várias formas de consulta. Confira:

– Há uma tabela atualizada com os lotes a serem pagos nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal
– Pelo site da Receita
– Pelo receitafone – ligue para o número 146 e escolha a opção 3 da gravação
– Por aplicativos móveis – há um aplicativo disponível para os smartphones com sistema operacional Android e IOS
– Por SMS no celular – é possível cadastrar o número do celular e ser avisado quando o seu lote de restituição for liberado. Para cadastramento, acesse o site da Receita.

Lembrando que esses serviços são disponíveis para as restituições entre 2008 e 2013.

Como é feito o resgate da restituição?

Depois que a restituição for liberada, ela deve ser resgata em até um ano a partir da data de liberação e será depositada pela Receita Federal do Brasil em conta corrente ou conta poupança com o nome do beneficiário. Há exceções quando o beneficiário falece, é menor de idade ou incapaz, ou deixa o País de forma definitiva.

Se houver algum problema relacionado ao banco, conta corrente com o número errado, por exemplo, é necessário contatar o Atendimento do Banco do Brasil através dos números 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades), ou ir pessoalmente à agência do banco em qualquer localidade. Será corrigido o problema e reagendada a data para resgate do crédito.

A restituição é corrigida pela taxa Selic, ou seja, depois de encaminhada ao banco, o valor não recebe nenhum tipo de acréscimo.

Como resgatar a restituição depois de um ano da liberação?

Transcorrido o prazo de um ano para resgate da restituição na rede bancária, ela pode ser requerida através do formulário eletrônico “Pedido de Pagamento de Restituição” que está disponível no site da Receita Federal ou no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte.

Receita Federal Restituição Confira Receita Federal Restituição 2014

Conheça Receita Federal Restituição 2014

Receita Federal

Receita Federal Restituição 2014 - confira

Pesquisar
Artigos Relacionados