Queda de cabelo X Desiquilíbrio emocional

links patrocinados

Queda de cabelo X Desiquilíbrio emocional

Atualmente, a queda de cabelo, seja ela nas mulheres ou nos homens, é uma queixa cada vez mais comum. Isso porque a preocupação de ambos os indivíduos com a aparência vem aumentando cada vez mais. E essa interferência está se tornando cada vez mais significativa na vida das pessoas.

Confira mais

Queda de cabelo X Desiquilíbrio emocional Queda de cabelo

Para mulheres, a queda de cabelo causa um grau de sofrimento tão intenso como quando um ente querido se vai. Por isso, é muito importante para o médico que vai tratar esse paciente, saber lidar com as queixas emocionais dele.

Existem diversos argumentos, explicações possíveis e justificativas que servem para ajuda a entender esse tipo de problema. Mas, o que se sabe, é que com certeza a queda de cabelo interfere de maneira significativa na qualidade de vida dos indivíduos, com alteração da autoimagem e com a diminuição da autoestima.

Conheça a Queda de cabelo X Desiquilíbrio emocional

Fatores que causam a queda de cabelo

Diversas as causas que podem influenciar na queda de cabelo. A mais temida delas é com toda a certeza a calvície, que na maioria das vezes, acontece por causa de um histórico familiar, que pode ser decorrente tanto da parte paterna quanto da parte materna.

Por isso, é comum ouvir dizer que a idade em que a queda de cabelo iniciada por causa da calvície se inicia, é possível se saber o prognóstico. Isso significa que quando antes se iniciar o início da queda do cabelo, mais difícil será o tratamento e sendo assim, pior será o prognóstico.

Outro fator que pode influenciar na queda de cabelo é a alopecia androgenética, um tipo de queda do cabelo menos acentuada. Mas, vale ressaltar que neste caso os fios sofrem uma miniaturização, o que faz com que as madeixas nasçam cada vez mais finas, fazendo com que o volume dos cabelos seja reduzido de forma significativa. Por isso, quanto antes se iniciar o tratamento para esse problema, melhor será o resultado alcançado. Mas, vale ressaltar ainda que o paciente deverá ter muita paciência, já que a volta do volume do cabelo se dá de maneira lenta e os fios demoram para responder a esse tratamento.

 Desiquilíbrio emocional

Outros fatores

As alterações do metabolismo na produção de insulina e de glicemia, a existência de ovários policísticos e as alterações hormonais como o problema de tireoide também contribuem para a queda do cabelo.

Queda de cabelo X Desiquilíbrio emocional - saiba mais

Desiquilíbrio emocional

O estresse e o desiquilíbrio emocional também podem causar a queda dos cabelos, já que um desiquilíbrio hormonal acaba resultando na inflamação dos poros capilares. Por isso, o tratamento para esse problema é tortuoso e longo, já que envolve uma investigação clínica, laboratorial e dermatológica e ainda é primordial uma interpretação correta dos sintomas e dos exames.

Uma boa solução é manter um ótimo equilíbrio interno. Isso é possível mantendo-se uma boa alimentação, com a quantidade correta e adequada de legumes, de frutas, proteínas, verduras e também de alimentos antioxidantes. Este pequeno hábito saudável estimula o nascimento de fios mais resistentes e ajudam a diminuir a queda dos cabelos já existentes.

Pesquisar
Artigos Relacionados