Programa Minha Casa Minha Vida

Programa Minha Casa Minha Vida

Programa Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa, Minha Vida, realizado em parceria pelo Governo Federal, Caixa Econômica Federal, além de cidades, estados, empresas e entidades sem fins lucrativos, é um programa habitacional que tem por objetivo reduzir o déficit habitacional do Brasil através de financiamentos para a compra da casa própria.

Com ele, pessoas que tinham de viver de favor, invadir casas abandonadas ou pagar aluguel puderam dizer adeus à estas realidades para enfim terem direito a uma casa própria.

O programa é dividido em Habitação Urbana, Habitação Rural e Movimentos Sociais e Poder Público.

Minha Casa, Minha Vida – Habitação Urbana

A modalidade Habitação Urbana do programa Minha Casa, Minha Vida é dividida em três faixas de renda mensal: até R$1.600, até R$3.100 e até R$5.000.

Minha Casa Minha Vida

Quem possui renda de até R$1.600, para participar do programa deve se dirigir até a um posto de cadastramento da prefeitura ou do governo estadual e se candidatar. Caso seja aprovado, o cidadão deve apresentar comprovante de renda e verificações do Cadastro Único, Cadastro Nacional de Mutuários e Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados do Setor Público Federal.

Quem se enquadra nesta faixa pode financiar imóveis de no máximo R$65 mil, pagando parcelas de no mínimo R$50. O cidadão fica isento do seguro do financiamento habitacional e dos custos com cartório para registro da residência.

Casas Minha Casa Minha Vida

Aqueles que ganham até R$3.100 podem financiar imóveis de até R$130 mil e se beneficiam de recursos adicionais do FGTS. As taxas de juro das parcelas não passam dos 6% ao ano e o valor pago para registro do imóvel em cartório é 90% menor do que o normal.

Por fim, quem recebe até R$5.000 pode financiar o imóvel através do Fundo Garantidor da Habitação, sendo que a entrada pode ser paga com recursos provenientes do FGTS.

Minha Casa, Minha Vida – Habitação Rural

Minha Casa Minha Vida na Brasil

Para a Habitação Rural são oferecidas duas faixas: até R$15 mil por ano e entre R$15 mil e R$60 mil por ano.

No primeiro caso, o agricultor ou trabalhador rural pode obter subsídios de até R$25 mil para a compra de material de construção a serem usados na produção de moradia e até R$15 mil para reformas em imóveis.

No segundo caso, os subsídios oferecidos devem ser usados com a mesma finalidade, sendo que o interessado deve comprovar o enquadramento no Programa Nacional da Agricultura Familiar.

Minha Casa, Minha Vida – Movimentos Sociais e Poder Público

Com relação à modalidade Movimentos Sociais e Poder Público do programa Minha Casa, Minha Vida, representantes do poder público ou de movimentos sociais, incluindo associações civis sem fins lucrativos, cooperativas e sindicatos, podem ajudar outras pessoas, dentre aquelas que vivem no campo e que ganham entre R$15 mil e R$60 mil a construírem uma moradia digna ou então a reformarem ou ampliarem as casas nas quais vivem.

Todas as pessoas a serem beneficiadas devem comprovar enquadramento no Programa Nacional de Agricultura Familiar. Com relação aos recursos, estes são oferecidos pelo Programa Nacional de Habitação Rural.

Minha Casa Minha Vida Caixa economica Como participar Minha Casa Minha Vida

GD Star Rating
loading...
Programa Minha Casa Minha Vida, Nota: 3.0 de 5 com 2 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados