Principais raças de cães de guarda

links patrocinados

Principais raças de cães de guarda

Também chamado de cão de vigia, o popular cão de guarda é usado para proteger o seu dono e a propriedade dele, tanto de outros animais quanto de pessoas. A primeira coisa que um cachorro treinado para isso faz ao perceber uma presença estranha é latir para alertar o dono. Depois, ele tende a atacar o indivíduo (pessoa ou animal), caso esteja preparado para isso. Vamos ver uma lista com as principais raças de cães de guarda e os motivos para isso.

• Pastor Alemão

Essa é uma das principais raças treinadas para atuar como cão de guarda e algumas características naturais dela contribuem para isso: o Pastor Alemão é extremamente atento e tem espírito defensor, por isso, é relativamente mais fácil prepará-lo para a função. Além disso, fisicamente o Pastor Alemão é um cachorro alto e forte, o que é fundamental no momento de intimidar o invasor.

Muito leal e obediente, o Pastor Alemão consegue se adaptar facilmente aos mais diferentes espaços, outro ponto a seu favor. E essas questões de lealdade e obediência também são inquestionáveis no que diz respeito à sua necessidade para formar um bom cão de guarda.

Infelizmente, alguns cruzamentos fizeram com que o Pastor Alemão ganhasse um temperamento mais instável. Por isso, para quem quer esse animal como cão de guarda, recomenda-se que procure um cachorro que não seja resultado de cruzamento com outra raça.

• Dobermann

Uma característica que se destaca nessa raça, quando comparada com outras, certamente é a sua inteligência. Ele tem uma estatura média para grande e, apesar de ser robusto, seu porte permite grande agilidade e destreza.

Por ser muito inteligente, ele aprende com facilidade e de forma rápida quando é treinado. Por ser bastante protetor em relação ao seu dono (e à família com a qual convive) é quase que naturalmente um cão de guarda, embora precise ser ensinado. Como ele é muito apegado ao território, pode acabar atacando pessoas que não representam nenhum tipo de ameaça, por isso precisa receber o treinamento adequado.

O Dobermann tem o instinto de defender àquele que considera o seu lar de qualquer um que possa representar algum tipo de invasão. Ao mesmo tempo em que isso é ótimo para um cão de guarda, também precisa ser adestrado da maneira correta para que não ocorra nenhum tipo de imprevisto.

• Rottweiler

Essa é uma raça vítima de injustiça, porque muita gente diz que o rottweiler é um cachorro violento. No entanto, tudo depende da maneira como ele é criado, podendo inclusive ser bastante dócil. O que não depende de criação é a força que esse animal tem e a sua capacidade natural de atacar, características que o tornam um ótimo cão de guarda.

Muito obediente, pode ser bem agressivo se for treinado para isso. O rottweiler tende a apresentar uma boa convivência com as pessoas da família e a não gostar muito de intrusos.

• Dogue Alemão

É conhecido por ser um cachorro muito alto, com exemplares que chegaram aos dois metros de altura! Esse aspecto físico faz com que ele seja um bom intimidador, o que já é um grande passo para ser um cão de guarda.

Ele é naturalmente muito amigável, por isso, para ser usado como cão de guarda, precisa ser bem treinado com esse objetivo. No entanto, por ser bastante obediente, essa tarefa é possível. Ele se dá bem com pessoas conhecidas e com outros animais.

Principais raças de cães de guarda Cães de guarda

Raças protetoras

Raça de cães de guarda

Cães de guarda - principais raças

Pesquisar
Artigos Relacionados