Piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste

links patrocinados

Piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste

De acordo com uma lei instituída logo no começo de 2014, a remuneração mínima que um docente de qualquer área desse receber é de R$ 1.567 reais por uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, mas nem todos os estados cumprem a legislação. Confira mais informações sobre o piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste.

Distrito Federal

Piso salarial dos professores do Brasil - Centro-Oeste Piso salarial dos professores do Brasil

Distrito Federal é o local que melhor paga seus professores na sua região, de acordo com o piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste. Para professores com nível médio foi registrado uma remuneração mínima de R$ 2.919 reais, enquanto que os formados no superior possuem R$ 3.695.

Na lista que traz o piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste, é também um dos maiores salários do país para essa profissão e cumpre integralmente a lei federal do piso. Também fica entre os mais bem colocados nacionalmente quando o assunto é educação.

Conheça o piso salarial dos professores do Brasil - Centro-Oeste

Piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste: Goiás

De acordo com um levantamento feito na capital do estado de Goiás, o piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste encontrado foi maior do que o exigido pela lei de âmbito federal, o que coloca o mesmo dentro da legalidade naquela região. Por 40 horas por semana, um docente ganha uma média de R$ 1680 reais, sendo que a maioria desses profissionais possui o ensino superior completo.

Já nas escolas de rede municipal, o piso é maior, de R$ 2.088 reais por mês. Sendo uma análise do piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste, o último IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica mostrou pequenos avanços na região nos anos da 5° série e 8° série do fundamental, além do 3° ano do Ensino Médio, aumentando nos três anos.

Piso salarial dos professores

Sobre a questão no Mato Grosso do Sul

A capital do Mato Grosso do Sul também foi analisada no piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste e segue as normas federais exigidas, pelo menos nas escolas de sua capital, Campo Grande. O piso municipal de remuneração é de R$ 2.362 reais, o que o coloca entre os que mais melhores pagam no país.

Piso salarial dos professores do Brasil - Centro-Oeste - saiba mais

Piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste: Mato-Grosso

A situação no estado do Mao Grosso também pode ser considerada estável, já que o mesmo registra o pagamento da jornada como previsto em lei, sendo ainda maior do que o exigido. O piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste nesse registrado nas escolas do estado é de R$ 2.120 reais por mês, 35% a mais que o nacional.

Também é um dos poucos locais que pagam corretamente seus professores de acordo com as jornadas extra-classe, tanto aqueles que possuem até o nível Médio, quanto os de nível Superior. Deixando o piso salarial dos professores do Brasil – Centro-Oeste um pouco de lado, o estado, entretanto, se mostra pouco expressivo quando o assunto é o IDEB, ficando na 18° colocação no Brasil (categoria Ensino Médio), no último censo realizado.

 

Salário Mínimo 2009

Salário Mínimo 2009

Sobre o Salário Mínimo 2009

O salário mínimo é a remuneração mais baixa que os empregadores podem pagar a seus funcionários do ponto de vista legal, ou seja, com carteira assinada. Do mesmo modo, o trabalhador é orientado a não vender sua força de trabalho por um valor inferior a este. Há quem defenda e quem desaprove o salário mínimo, por uma série de motivos.

O sistema é empregado na maioria dos países do mundo, mas quem é contra afirma que o estabelecimento de um limite mínimo de remuneração aumenta a taxa de desemprego, já que existem pessoas que não possuem experiência para assumir determinados cargos, prejudicando aqueles que estão menos qualificados.

Da ala dos que apóiam a medida – a grande maioria, o salário mínimo vem como forma de tentar colocar todos trabalhadores sob o mesmo patamar, mesmo que minimamente. Com a fixação do salário mínimo em um determinado valor, os trabalhadores podem melhorar de vida a pobreza pode assim ser reduzida.

Salário Mínimo 2009

Valor do salário mínimo

O valor do salário mínimo é reajustado a cada ano e o principal objetivo do reajuste é a taxa de inflação. É feito uma conta baseada na economia do país no ano anterior para saber em quantos por cento o governo deverá/poderá aumentar o salário mínimo. Essa medida vem sendo cumprida desde a implantação do Plano Real.

É claro que mesmo com esses reajustes, o salário mínimo está longe de ser o ideal para a população. Grande parte do povo brasileiro sobrevive com um salário mínimo mensal, mas na maioria dos casos o valor ganhado é inferior aos das contas de casa. Isso causa indignação da população porque existem muitos cargos públicos onde os salários são altíssimos, como os de juiz federal, que ganham em torno de R$ 25 mil reais.

Reajuste de 2009

Em 2009, o salário mínimo foi reajustado em 12%. Sendo assim, ele passou de R$ 415 para R$ 464,72. O novo valor passou a valer a partir do dia 1º de fevereiro. Além do salário mínimo nacional, o salário base de setores específicos deve sentir os benefícios de um novo reajuste também.

Apesar de apresentar esse valor, o governo tem idéia de quanto uma pessoa necessitaria para levar uma vida sem apertos. Entre o período de 1º de fevereiro de 2009 a 31 de dezembro do mesmo ano, o cálculo era de que o custo de vida dos brasileiros exigiria um salário mínimo de R$ 2039,28.

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados