Pescaria no Pantanal

links patrocinados

Pescaria no Pantanal

Pescaria no Pantanal

Poucas coisas relaxam tanto quanto uma boa pescaria em um local tranquilo. E é por conta disso que cada vez mais e mais turistas procuram postos de pesca em estâncias turísticas do Pantanal. A região conta com vastos lagos e belas paisagens, um prato cheio para aqueles que buscam o sossego de uma boa pescaria e conhecer lugares novos e naturais.

Diversas estâncias turísticas aproveitam as vantagens de se pescar no Pantanal para oferecerem diversos pacotes para turistas interessados em conhecer o Parque Nacional do Pantanal. Alguns oferecem todo o equipamento necessário para pescar, contando inclusive com instrutores que ensinam aqueles que nunca praticaram a modalidade.

A pesca como terapia

Especialistas recomendam a pesca como uma excelente forma de apaziguar uma mente torturada pelo estresse. O grande fator que afasta muita gente da pesca é a simples questão geográfica: conhece-se pouco de regiões em que a pesca é liberada ou que se pratica a pesca esportiva.

Pescar no Pantanal

Muitos estabelecimentos clandestinos burlam as fiscalizações e se passam por locais legítimos, também. É importante que o aspirante a pescador busque orientações antes de seguir em frente com o hobby.

No caso do Parque Nacional do Pantanal, é recomendável buscar orientações do agente de viagens e já programar a pescaria como parte do programa na ida à região. Diversos hotéis oferecem serviço de pesca aproveitando sua localização privilegiada, por exemplo.

Pantanal

Pescaria Esportiva

Chama-se coloquialmente de Pantanal o Complexo do Pantanal, uma vasta região em boa parte alagada de savana estépica localizada no sul do Mato Grosso e no noroeste do Mato Grosso do Sul. O bioma é tão grandioso que chega até a Bolívia. O Pantanal é considerado pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera. A grande quantidade de corpos d’água somada a faceta turística da região fazem do Pantanal um destino propício à pescaria.

A fauna e a flora do Pantanal são algumas das mais ricas de todo o Brasil. Já foram catalogadas cerca de 650 espécies de aves, entre elas a arara-azul-grande. São cerca de 1100 espécies de borboletas já documentadas no local e 80 espécies de mamíferos, sendo a principal a onça-pintada.

Cultura

Onde pescar no Pantanal

O dia a dia do pantaneiro é tranquilo, mas cheio de afazeres que tem a ver com a terra. Acordam cedo e conduzem seus animais até a grande planície da região para o pasto. Também se tem o costume de alimentar-se de forma reforçada no Pantanal, já que há pouco tempo para o pantaneiro comer. Então, quando come, trata de se alimentar o suficiente para ter forças para trabalhar o dia todo. Esta refeição reforçada é comumente chamada de quebra-torto.

Uma das bebidas típicas do Pantanal é o tereré. Ele é servido em uma cuia com erva mate e água gelada. É parte obrigatória do cardápio dos pantaneiros na hora do almoço, durante os afazeres diários. O tereré também traz um composto social. São comuns rodas de amigos consumindo tereré conversando ao cair do dia sobre os eventos correntes e até contando histórias e lendas.

Cultura do pantanal Alimentacao do Pantanal

Pesquisar
Artigos Relacionados