Operadora Telefônica 2011

links patrocinados

Telefônica 2011

A Telefônica é uma das maiores companhias do ramo de telecomunicações no mundo. A gigante espanhola foi fundada em abril de 1924 e hoje é interagda pelas empresas Telefônica de España, Telefônica Móviles, Telefônica O2 Europe, Terra Networks S.A e Vivo S.A.

Telefônica Brasil

No Brasil a Telefônica iniciou suas atividades na região Sul. Com a compra da empresa estatal a Companhia Riograndense de Telecomunicações. Já a partir de 1999 a empresa passou então a operar também da região sudeste. No sudeste a telefônica conseguiu comprar a maior operadora de telefonia do país que era a TELESP.

Logo no inicio dos anos 2000 a Telefônica se consagrou como uma das maiores operadoras de telefonia a fornecer serviço de internet banda larga o Speedy. O sistema de conexão com a internet foi por muito tempo referencia, até dar panes e chegar ao caos total no ano de 2008, quando sofreu um “apagão” e parou de funcionar na cidade de São Paulo por quase um dia inteiro, trazendo enormes prejuízos a usuários e empresas.

Produtos

A Telefônica atua em todas as áreas das telecomunicações, muito mais que uma empresa apenas de telefonia, a Telefônica atua com produtos de Telefonia Móvel, telefonia fixa, internet e desde 2006 com TV por Assinatura.

A TV por assinatura via Satélite da Telefônica é a chamada VocêTV, ela leva canais digitais aos assinantes por meio de ondas de satélite. A TV da Telefônica possui mais de 100 mil assinantes.

Outro marco dos produtos da Telefônica foi a compra da Operadora de telefonia celular Vivo S.A. Com isto a telefônica ganho um grande numero de assinantes de serviços de telefonia móvel, que eram clientes da operadora Vivo.

Os demais produtos da Telefonica são a Telefonia Fixa e móvel, Acesso a internet, tanto discada quanto banda larga, provedor de acesso a internet discada, podendo ser este serviço pago ou gratuito, serviços do contact center e a TV por assinatura via satélite.

A empresa Telefônica, é a empresa líder em reclamações no Procon de São Paulo, ja tendo aparecido como primeira no ranking de reclamações por anos consecutivos, inclusive em 2010. Ainda em 2011 a telefônica enfrenta problemas com o Speedy, tendo em agosto sido notificada por queda do serviço de banda larga em várias cidades paulistas.

 

Telefônica 2011

Telefônica 2011

Sobre a Telefônica 2011

A Telefônica S.A. chegou ao Brasil em 1999, com as privatizações realizadas durante o governo Fernando Henrique Cardoso. A companhia, que é espanhola, adquiriu várias empresas estatais do país, como a Companhia Riograndense de Telecomunicações (que não integrava a Telebrás, mas era de competência estadual), a TELESP e a Telefônica Celular, que atendia os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Sergipe e Bahia.

A Telefônica ficou bastante conhecida no país principalmente por sua atuação em São Paulo, e por oferecer a banda larga Speedy, que foi uma das primeiras do Brasil. Depois da telefonia e da internet, a Telefônica passou a investir também na TV por assinatura. Para isso, a empresa espanhola pretende ampliar o acesso à TV através da fibra óptica.

Telefonia

Outra novidade da Telefônica para 2011 é que, agora, a operadora Vivo pertence definitivamente a ela. A compra foi aprovada em setembro do ano passado. Desde este período vem ocorrendo a integração entre as duas empresas.

Banda larga Telefônica

O investimento em mais cabos de fibra óptica, além do intuito de massificar o acesso à TV por assinatura, é também conseguir a adesão de novos clientes. Está previsto para este ano a chegada da GVT em São Paulo, o que representa uma forte concorrência para a Telefônica, visto que a GVT é conhecida por ter ofertas bastante interessantes, do ponto de vista do consumidor.

A banda larga oferecida através da fibra óptica garante ao consumidor menores preços. Isso já refletiu no aumento de novos clientes. O pacote com 30 Mbps de velocidade para internet, TV por assinatura e ligações locais ilimitadas é encontrado a partir de R$ 119 mensais. O mesmo pacote era comercializado antes a R$ 500, mas a adesão à fibra óptica barateou o serviço.

Apesar da boa fase no mercado brasileiro, nem tudo são flores para a Telefônica em seu país de origem, a Espanha. A empresa anunciou, no último dia 14, que pretende demitir 6 mil funcionários nos próximos três anos. As demissões devem ficar restritas à Espanha.

O corte no quadro de funcionários será feito para garantir maiores ganhos para a empresa, visto que o mercado europeu passa por um período econômico bastante difícil. Esse número de funcionários corresponde a 20% do total dos empregados pela multinacional. Deste número, cerca de 6% dos cargos correspondem a membros da direção da unidade espanhola.

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados