Ômega 3 engorda

links patrocinados

Ômega 3 engorda

Ômega 3 engorda

O nome Ômega 3 é dado a uma série de elementos químicos conhecidos pertencentes ao grupo dos ácidos graxos. O Ômega 3 se tornou bem conhecido no início do século, quando passou a ser utilizado em alguns alimentos, prometendo melhorias na qualidade de vida dos consumidores.

Entretanto, a substância sempre esteve presente em alguns alimentos, especialmente em peixes. As substâncias começaram a chamar a atenção quando alguns cientistas estudaram os hábitos alimentares dos esquimós da Groenlândia.

Embora a dieta destas pessoas fosse rica em gorduras, o índice de doenças cardiovasculares era extremamente baixa. A causa deste fenômeno era o Ômega 3, presente em abundância nos peixes da região.

Benefícios do Ômega 3

As vantagens do Ômega 3 não se limitam ao coração: além de prevenir arritmias cardíacas e proteger o coração, a substância também ajuda no combate ao câncer, reduz a depressão e alivia surtos em pacientes psicóticos. O Ômega 3 também é muito utilizado para combater as sequelas de um infarto.

Ômega 3 e peso

De tempos em tempos surgem correntes na Internet, disseminadas principalmente através de emails, dizendo que o Ômega 3 engorda. Entretanto, alguns experimentos com ratos, além de algumas observações com pacientes obesos, têm demonstrado exatamente o contrário.

Além de não engordar, o Ômega 3 pode, inclusive, ajudar na redução do peso. Isso acontece porque muitos casos de obesidade têm alguma relação a inflamações, e o Ômega 3 possui uma forte ação antiinflamatória. O Ômega 3 auxilia na normalização da produção de leptina e insulina, que dizem ao cérebro que é hora de parar de comer. Ou seja, a substância é eficaz em alguns casos de distúrbios hormonais relacionados à alimentação. Mas, mesmo que não ajude a emagrecer, o Ômega 3 não engorda.

É importante lembrar que o Ômega 3, por si só, não é suficiente para regular o peso de uma pessoa, mesmo que a obesidade seja consequência de má regulação hormonal. O velho conselho da alimentação saudável aliada à prática de exercícios físicos ainda é a melhor maneira para ficar de bem com a balança.

Obesidade Infantil no Brasil

Obesidade Infantil no Brasil

Obesidade Infantil no Brasil

A obesidade é uma doença que está cada vez mais comum e afetando mais pessoas em proporções mundiais, principalmente nos países mais ricos e industrializados. Os índices são tão expressivos, que esta patologia já é considerada uma epidemia e um problema de saúde pública.

Além de afetar a vida de jovens e adultos, a obesidade tem se tornado um problema constante para as crianças. No Brasil, a obesidade infantil acinte cerca de 10% das crianças. A criança passa a ser considerada obesa quando está 20% acima do peso ideal da sua idade.

O calculo pode ser feito pelo índice de massa corpórea, que calcula o peso divido pela altura ao quadrado. Mas nos casos das crianças, é importante fazer um acompanhamento junto ao medido especialista, que pode identificar melhor a proporção da doença nos pequenos.

Nas crianças, a obesidade está mais propicia a ser desenvolvida no primeiro ao de vida e também na fase pré-escolar. Esses faixas etárias são observadas pela pouca atividade física e o tipo de alimentação que a criança possui.

As principais causas da obesidade infantil são os curso períodos de amamentação, ingestão de alimentos inadequados muito cedo (como comida industrializada e doces), distúrbios de alimentação, relação familiar e também problemas genéticos que podem induzir ao acumulo de peso.

A obesidade infantil pode ter consequências severas. As principais são os fatores de risco que essa criança tem com sua saúde. Com a alimentação errada, ela fica mais sujeita e desenvolver alterações no corpo, que afetam seu sistema respiratório e cardíacos. Além disso, ela pode acabar desenvolvendo doenças como diabetes.

Soluções para a Obesidade infantil no Brasil

Para garantir que a criança não desenvolve a obesidade infantil, os pais e responsáveis devem estar atentos ao estilo de vida dessa criança. Além de uma alimentação equilibrada, com a ingestão de todos os grupos alimentares, ela deve realizar algum tipo de atividade física.

Outro fator importante, é que os pais desenvolvam uma responsabilidade. A dieta deve ser acompanhada por todos da casa, para mostrar suporte a criança.

GD Star Rating
loading...
Ômega 3 engorda, Nota: 4.3 de 5 com 7 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados