OAB DF Exame da Ordem 2011

links patrocinados

OAB DF Exame da Ordem 2011

OAB DF Exame da Ordem 2011

A Ordem dos Advogados do Brasil, ou simplesmente OAB, é a entidade brasileira que representa e regulamenta o exercício da advocacia no país. Criada em 1930, a Ordem possui seccionais em todos os estados brasileiros.

Embora tenha sido criada como uma autarquia, atualmente a OAB é um serviço público independente, ou seja, não possui vínculos com o Poder Federal. Por isso, órgão atua de maneira autônoma, tendo funcionários contratados pelo regime celetista.

Dentre as principais atribuições da Ordem está a aplicação do Exame da OAB, indispensável para quem deseja exercer a advocacia.

A avaliação tem como objetivo demonstrar que os bacharéis têm capacidade prática e teórica de exercer adequadamente a profissão. As questões e a banca avaliadora são de responsabilidade da própria OAB.

Exame da Ordem em 2011

OAB DF Exame da Ordem

Em 2011 foram realizadas três edições do exame da Ordem, os de número IV, V e VI. O total de inscritos em cada edição foi superior a 100 mil pessoas.

O primeiro exame do ano apresentou o maior número de inscritos e, curiosamente, o menor número de aprovados. Ao todo, 121.380 se inscreveram para as provas.

Na primeira fase, quase 100 mil candidatos foram eliminados. Após a segunda fase, foram aprovados 18.234 inscritos, que representaram 15% do total de candidatos.

A segunda e a terceira edição do ano apresentaram números mais positivos. Na segunda prova, 24% dos candidatos conseguiram a aprovação, enquanto na terceira foram 25,5%.

OAB

Estes valores, infelizmente, foram uma exceção na história do exame da Ordem, que dificilmente aprova mais de 15% de seus inscritos. A título de comparação, no segundo exame de 2012, somente 11,6% dos inscritos conseguiram a aprovação após a segunda fase.

Para a própria OAB, o baixo número de aprovados é reflexo das deficiências do ensino do Direito no Brasil. Segundo o órgão, os vinte melhores cursos de Direito do Brasil têm um índice de aprovação muito superior, que varia entre 70% e 90%.

Entre as piores universidades particulares do Brasil, este número pode chegar a apenas 3%. Instituições como USP, UFJF e UFBA, por exemplo, têm índices de aprovação superiores a 80%. Devido à imensa diferença percentual, a OAB tem sistematicamente combatido a abertura indiscriminada de cursos de Direito no Brasil.

Estrutura da prova

O exame da OAB é realizado em duas etapas. Na primeira, é aplicada uma prova teórica e objetiva, composta por 80 questões, todas elas de múltipla escolha.

Exame da OAB

Quem conseguir uma nota igual ou superior a 50% estará aprovado para a segunda etapa., composta por quatro questões dissertativas e a apresentação de uma peça profissional.

Na primeira prova, as questões possuem quatro alternativas. De acordo com o regulamento da OAB, pelo menos 15% das perguntas devem ser relacionadas ao Estatuto da Advocacia, a Direitos Humanos e ao Código de Ética da profissão. A segunda fase, chamada também de prático-profissional, tem cinco horas de duração.

A nota máxima desta etapa é 10. A prova se divide em duas partes. Inicialmente, os candidatos respondem às questões dissertativas e, em seguida, têm que apresentar a peça profissional para uma banca qualificada.

OAB DF Exame da Ordem

Pesquisar
Artigos Relacionados