O que é efeito auto tune

links patrocinados

O que é efeito auto tune

Graças aos avanços da tecnologia, atualmente, praticamente qualquer pessoa pode cantar como um pop star se souber usar o efeito Auto-Tune. Devido a essa quase mágica, o software está cada dia mais popular entre os artistas.

Sobre o Software

O que é efeito auto tune Auto tune

Traduzindo o termo, que vem do inglês, já fica claro qual o papel do Auto-Tune: auto afinar. Ele é praticamente o Photoshop da voz.
Criado pela Antares Audio Technologies em 1997, o programa usa uma matriz sonora que corrige as performances no instrumental e vocal. Dessa forma, a produção das músicas, quando utilizado o software, fica mais precisa e com menos erros e imprecisões aparentes. Além disso, pode ser usado também para distorcer a voz, como o aparelho Voxbox.

Depois de sua descoberta pelos produtores, principalmente depois de ter usado propositalmente de forma extrema na música “Belive” da cantora Cher, o Auto-Tune tornou-se equipamento indispensável em gravações em estúdio.
O software também é capaz de editar instrumentos como guitarra, violão, piano, baixo, etc.

Saiba o que é efeito auto tune

Desvantagens do Auto-Tune

Muitos produtores não apoiam o uso do software da forma que tem sido feita já que, muitas vezes, ele é utilizado para correções extremas em artistas que não são bons cantores, mas apresentam um trabalho afinadíssimo depois da edição.

Com o programa é possível cantar bem e não desafinar no palco se o artista conseguir manter-se próximo ao tom correto da música. A afinação fica por conta do software. Obviamente, há desvantagens nisso também, já que a utilização do Auto-Tune gera um som metalizado que não é difícil de perceber.

Grandes artistas como Cristina Aguilera e Jay-z já de manifestaram contra o programa. O cantor lançou uma música chamada DOA (Death of Auto-tune), em seu disco The Blueprint 3, em que fala sobre isso. E Cristina já chegou a usar uma camisa com a frase “Auto Tune is for Pussies” (Auto-tune é para vadias).

Efeito auto tune

Uso exagerado

Atualmente, grande parte das músicas que fazem sucesso no mundo, usam o Auto-Tune e, devido a esse exagero que torna as vozes todas um pouco robóticas, alguns produtores acreditam que chegará um momento que ninguém aguentará mais ouvir esse tipo de som e preferirão ouvir vozes de verdade novamente, mesmo que não sejam perfeitas como o software faz com que pareçam.

O que é efeito auto tune - saiba mais

Auto Tune usado de maneira correta

A Billboard disponibilizou uma lista com dez músicas que conseguiram usar o efeito Auto Tune de maneira correta.
A cantora Cher, que foi a impulsora desse efeito usado na voz com seu single “Belive”, essa lista conta também com o rapper Kanye West que usou o efeito na música Heartless, pois queria que passasse a ideia de coração partido, já que sua mãe havia falecido antes da gravação.

O duo eletrônico Daft Punk, na época bastante criticado, também usou o software na música “One More Time” e entrou para a lista que conta também com Rihanna e a música “Live Your Life”, T-Pain com o single “I’m Sprung”, Chris Brown com “Forever”, Black Eyed Peas com “Boom Boom Pow”, novamente Rihanna, mas dessa vez com “Disturbia”, o rapper Lil Wayne com “Lollipop” e Jamie Foz com “Blame It”.

Pesquisar
Artigos Relacionados