Numismática

Numismática

Numismática

Numismática, oriunda do latim numisma, significa moeda. Sendo assim, Numismática é a ciência que tem por objetivo o estudo das moedas. A essência do termo é o estudo aprofundado de moedas, de onde elas vieram, a quem pertenceram, em qual ano foram feitas, o material utilizado, enfim, tudo o que você possa imaginar que envolve moedas!

Na atualidade, esse conceito foi corrompido, tornando-se numismática sinônimo de colecionador de moedas.

A ciência da Numismática

Visto que o instrumento de trabalho deste cientista é a moeda, ele deve analisar este artefato de diversas maneiras, buscando diferentes cunhos de informação. A história, a cronologia, a economia, a heráldica, a iconografia, a epigrafia, a simbologia e a metrologia não áreas de que o cientista de numismática deve ter, além de obter certa noção em metalurgia e aprofundamento na evolução das artes.

Para facilitar o estudo das moedas, a numismática é dividia em duas partes: a teórica, que estudas os métodos de conservação que aquela moeda deve se submeter, a nomenclatura dos artefatos e a classificação da mesma e a histórica, que busca saber de todo o desenvolvimento da daquela moeda, da sua evolução, como foram as suas emissões, como foram classificadas, para facilitar o estudo histórico, normalmente um cientista se dedica inteiramente a uma região específica, para assim, poder se aprofundar e obtiver total conhecimento sobre a história das moedas daquela localização.

O que e Numismatica

Essa divisão da numismática serve apenas para melhor organizar o trabalho do estudante, pois uma parte complementa a outra, sendo inútil desenvolver apenas uma das segmentações da ciência.

Por que a moeda é uma fonte Histórica

Aos leigos, uma moeda não tem tanta importância, pois como valem menos que as notas de papel, acabam por serem deixadas de lado, sendo sinônimo apenas se “troco” de algum estabelecimento, de recheio para um cofrinho ou de esmola para um mendigo, porém, nas moedas existem informações importantíssimas para a construção da nossa história e compreensão da história de nosso antepassados.

Tipos de moedas

Informações como forma de governo, dialeto, religião, recursos minerais existentes naquele local, situação econômica e poder aquisitivo do povo.

A forma de governo pode ser desvendada, pois, a circulação (desgaste) da moeda é típica de países capitalistas, não sendo tão comum nos socialistas, onde a forma de governo é monárquica, normalmente, o estampado na moeda e o rosto do Rei. O dialeto escrito na moeda deixa evidente qual era o idioma falado na época. A religião pode ser descoberta, pois em países católicos, por exemplo, louvores a Deu são comuns nos versos dos artefatos.Os recursos minerais que eram utilizados fica evidente pelo material que a moeda é constituída, havia civilizações com moedas apenar de prata, sendo assim, havia abundancia de prata. A situação econômica e o poder aquisitivo da população são descobertos através da cunhagem.

Ciencia da Numismatica

Como Surgiu a Moeda

No princípio da humanidade a forma de economia era baseada na subsistência, onde as tribos recolhiam na natureza os bens necessários a vida. Com a evolução da forma de trabalho, as tribos passaram a colher excedentes de produção, o que deu origem ao escambo, porém esta forma direta de troca de bens acarretou na insatisfação dos comerciantes, pois as disponibilidades não se coincidiam e cada um atribuía o valor que bem entendesse ao produto. Foi assim que surgiu a ideia de um bem comum que intermediaria as trocas, surgindo assim a moeda.

Moedas estrangeiras Moedas

GD Star Rating
loading...
Numismática, Nota: 5.0 de 5 com 1 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados