Nota Fiscal SP

links patrocinados

Nota Fiscal SP

Nota Fiscal SP

Sobre a Nota Fiscal SP

São Paulo é um dos estados mais importantes do nosso país e que integra, ao lado de Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, a região sudeste brasileira. Ao todo, o estado conta com uma população formada por mais de 41 milhões de habitantes em uma área total de cerca de 248 mil quilômetros quadrados.

Com o objetivo de aumentar a arrecadação de impostos, combater a sonegação fiscal e obter mais recursos para serem investidos no estado, o governo do estado de São Paulo criou um programa de incentivo para que os consumidores do estado passem a exigir a nota fiscal em todas as suas compras.

Sobre o programa Nota Fiscal Paulista

O programa, conhecido como Nota Fiscal Paulista, tem como objetivo devolver aos consumidores do estado 30% do ICMS que é efetivamente recolhido pelo estabelecimento comercial. Assim, o governo incentiva e estimula que todos os cidadãos paulistas peçam sempre a nota fiscal do que comprarem.

Como participar do programa Nota Fiscal Paulista

Para participar do programa Nota Fiscal Paulista os consumidores precisam informar o número do seu CPF ou CNPJ no momento da compra. Os paulistas que quiserem participar do programa poderão escolher ainda como desejam receber os seus créditos, além ainda de concorrer a vários prêmios em dinheiro.

É importante lembrar a todos as pessoas que moram no estado de São Paulo que para poder participar do programa Nota Fiscal Paulista é preciso primeiro fazer o seu cadastro na página do programa na internet. No caso de usuário pessoa física, por exemplo, é necessário informar o número do seu CPF, a data de nascimento e o nome completo da sua mãe.

Depois, é só começar a fazer suas compras e pedir para que as notas fiscais sejam registradas no seu CPF. É possível ainda fazer consultas sobre os seus créditos acumulados na página do Nota Fiscal Paulista na internet.

Até agora, mais de 10 milhões de cidadãos paulistas já se cadastraram no Nota Fiscal Paulista e já estão acumulando créditos em todas as suas compras em que são exigidas a nota fiscal do produto ou serviço.

Nota Fiscal SP IPVA

Nota Fiscal SP IPVA

Sobre a Nota Fiscal SP IPVA

Todo morador do estado de São Paulo já conhece o programa Nota Fiscal Paulista, uma maneira de estar dentro da lei, exigir os seus direitos e ainda concorrer a prêmios. O que talvez nem todo mundo saiba é que os créditos acumulados podem ser utilizados para o abatimento do valor do IPVA. Entenda como funciona.

A Nota Fiscal Paulista foi criada com o objetivo de incentivar os cidadãos a pedirem as notas fiscais de suas compras, fazendo com que todos os impostos devidos ao governo sejam pagos. Em troca, o Governo do Estado devolve 30% do ICMS arrecadado para os consumidores.

O valor pode ser retornado através de créditos, em que o cidadão pode escolher como quer gastar. O consumidor também concorre a prêmios em dinheiro.

Na prática, a cada compra efetuada nos estabelecimentos cadastrados, o CPF (ou CNPJ se for empresa) do comprador é registrado no sistema da Nota Fiscal Paulista. Assim que o ICMS for recolhido, o Governo repassa o valor proporcional devido ao cidadão. Estes créditos vão sendo acumulados e podem ser consultados diretamente pelo site da Nota Fiscal Paulista.

O prazo de validade para o uso dos bônus é de cinco anos e uma das maneiras de gastá-lo é abatendo o valor do IPVA. Só para se ter uma ideia, em outubro de 2010 o valor distribuído pelo programa foi de R$615,18 milhões.

Nota Fiscal SP Abatimento IPVA

A nova liberação de créditos da Nota Fiscal Paulista acontece no dia 19 de abril, mas caso o consumidor tenha créditos válidos, já pode utilizar estes que estão disponíveis. Tanto para a utilização dos bônus quanto para a consulta do valor disponível, basta acessar o site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. (Confira como fazer o cadastro na Nota Fiscal Paulista)

Clicando no link da Nota Fiscal Paulista, é preciso digitar o login e a senha. Para utilizar os créditos, é só clicar na opção Utilizar Créditos e seguiras normas indicadas na tela. Para este ano, como o pagamento do IPVA já foi efetuado ou as parcelas já estão sendo pagas, o abatimento fica para o ano de 2012.

Pesquisar
Artigos Relacionados