Malha Fina Imposto de Renda

links patrocinados

Malha Fina Imposto de Renda

Malha fina Imposto de Renda

O que é a malha fina do imposto de renda

A malha fina do imposto de renda é um conceito muito conhecido para os que declaram a renda anualmente. Após feito o envio da declaração de imposto de renda do ano vigente, muitos contribuintes tem suas declarações “barradas” durante a verificação que é feita para garantir a veracidade das informações declaradas.
Atualmente, é possível acompanhar o status da declaração depois de ela ter sido enviada. Através do site da receita que pertence ao Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte, é possível verificar se a declaração enviada tem algum tipo de pendência, e no caso de haver, antes de cair na tal da malha fina, o contribuinte pode fazer as correções necessárias.

No caso de o contribuinte fazer a consulta no site sinalizado acima, são essas as opções de status disponíveis para o andamento da declaração do imposto de renda:

– Em processamento: a Receita Federal confirma, com esse status, o recebimento da declaração do imposto de renda, mas o processamento ainda não foi concluído, ou seja, no caso de existir qualquer tipo de restituição ou pendência, ambos serão feitos durante o próximo lote.

Malha Fina Receita federal

– Processada: o status que todo brasileiro quer ver ao fazer a consulta, que indica que além de a declaração do imposto de renda ter sido recebido com sucesso pela Receita Federal, o processamento já foi encerrado sem nenhuma pendência.

– Em análise: aqui, a Receita Federal pode ainda estar aguardando por parte do contribuinte documentos (que são solicitados via intimação), ou os documentos que já foram entregues com a declaração ainda não foram analisados.

– Retificada: é quando o contribuinte substitui totalmente o primeiro documento de declaração enviado por outra declaração.

– Cancelada: por iniciativa da administração ou do próprio contribuinte, o processo foi encerrado deixando de ser legalmente considerada no sistema da Receita Federal.

Malha Fina Imposto

– Tratamento manual: a análise da Receita Federal ainda não foi concluída, e o contribuinte deve aguardar atualizações ou algum contato.

A malha cada vez mais fina do imposto de renda

Conhecido por deixar obrigações como a declaração do imposto de renda para última hora, o povo brasileiro costuma ter altos níveis de contribuintes caindo na malha fina ou por falta de documentação, ou por fraude.

Essas fraudes são cada vez mais detectadas com facilidade pela Receita Federal, que aumenta suas tecnologias para buscar melhoria no sistema de análise das declarações enviadas anualmente.

O imposto de renda em outros países

Imposto de renda Malha Fina

A Suécia é o país que tem a maior alíquota de imposto de renda retida pelo contribuinte. Seus 58,2% brigam contra os 27,5% do Brasil. Contudo, os tipos de impostos são distribuídos de diferentes maneiras em cada país – geralmente é este fator que deixa os brasileiros tão indignados com o imposto que pagam em relação ao que recebem em troca.
Nos Estados Unidos, o imposto é de 46,1% enquanto na Argentina, a carga tributária total , considerando o PIB do país, é de 17,4%.

Cada país à sua maneira, recolhe impostos sobre a renda conseguida pelos seus cidadãos. A questão principal, é como esse dinheiro é investido. De ambos os lados.

Como se organizar

É aconselhado que durante todo o ano, seja feita a organização dos documentos que fazem parte da declaração do imposto de renda para que na época de entrega desses documentos eles já estejam todos reunidos.

Uma boa ideia é organizar a documentação em várias pastas, dividindo-as em categorias. Assim fica fácil identificar onde estão cada tipo de documento.

Malha Fina Governo Federal Receita Federal Imposto de renda

Pesquisar
Artigos Relacionados