Husky Siberiano

links patrocinados

Husky Siberiano

Husky Siberiano

O Husky Siberiano é uma raça de cães original da Rússia. Este tipo de cachorro existe há cerca de 2 mil anos quando foram criados especialmente para a tração de trenos na região da Sibéria, conhecida pelo seu frio rigoroso de baixíssimas temperaturas.

E 1909, os Husky Siberiano foram para o Alasca, região extremo oeste dos Estados Unidos. Lá a raça começou a se popularizar, especialmente entre as aldeias de índios americanos e pelos exploradores da região.

Essencialmente, o Husky Siberiano é um cachorro criado para o trabalho, especialmente para o transporte. Graças a estas características, os moradores das regiões isoladas do Alaska podiam receber suprimentos e medicamentos nas épocas mais intensas do inferno.

Características Husky Siberiano

Fisicamente o Husky Siberiano é um cachorro bastante forte e com pelagem espessa, caracterizada por um sub-pelo que consegue manter o calor durante o frio. Assim, ele é um cachorro bastante forte e resistentes, mas de movimentos leves e gentis.

Um dos destaques do Husky Siberiano está para a sua pelagem, que pode ser de diversas cores, sendo a mais conhecida a branco e preto. No rosto, as marcas que lembram sobrancelhas compõe a raça. Os olhos azuis são bastante populares também. Os ouvis também são uma das características da raça, podendo serem ouvidos há mais de 20 quilômetros de distancia.

Cuidados Husky Siberiano

Por se tratar de um cachorro criado para climas frios, o Husky Siberiano pode sofrer em regiões mais quentes, especialmente no Brasil, devido ao calor apresentado durante o verão. Por isso, o Husky Siberiano deve ser mantido sempre à sombra e com agua fresca sempre a disposição. O ideal é que nos dias mais quentes ele fique em locais que possuam ar condicionado ou ainda ventiladores.

São cachorros que precisam de bastante espaço, uma vez que são bastante ativos. O pelo de alta densidade também requer cuidados diários, como serem escovados e tosados se necessário devido ao clima. Os problemas de quadril e nos olhos são comuns, por isso o ideal é procurar um criador certificado.

Veja mais informações sobre o Shih Tzu: comportamento e preço do filhote.

História e separação da mãe

O Shih Tzu é uma das raças de cães mais antigas do mundo
O cão tem aparência fofa e dócil

Muitas pessoas devem ter dúvidas em relação ao Shih Tzu: comportamento e preço do filhote, já que se trata de um cão com aparência fofa e dócil, mas será que isso realmente condiz com o perfil do animal? Muitos estudiosos acreditam que essa raça é uma das mais antigas em todo o mundo, sendo muito popular na China. Porém, esse cachorro precisa passar por um período importante de adaptação.

Depois que se separa da mãe e vai para a casa de seu novo dono, é bem provável que o cão chore de madrugada e arranhe as portas, caso ele fique para fora. Quando fica perto de pessoas, esse perfil pode não ser tão aparente, surgindo mais quando fica sozinho. Entretanto, depois ele se acostuma.

Shih Tzu: comportamento e preço do filhote

Depois que se adapta a casa, o cãozinho acaba ficando bem e pode ficar sozinho sem muitos problemas. O mais importante quando ele ainda é um filhote é começar cedo a ensinar onde fazer as necessidades, cobrindo áreas com jornal, por exemplo. Com alguns meses de vida já é preciso comprar brinquedinhos para que ele possa morder e não estragar os móveis.

O Shih Tzu: comportamento e preço do filhote tem um perfil bastante dócil, assim como mostra a sua aparência, sendo ideal para quem tem crianças em casa, por ser muito brincalhão. Entretanto, ao mesmo tempo, também serve para pessoas mais tranquilhas, já que costuma cansar rápido, principalmente pelo seu tamanho. Levá-lo para passear pode melhorar as coisas.

É comum que os filhotes dessa raça levem algum tempo para se adaptar aos novos donos

Idade média de vida e cuidados especiais

Essa raça é de porte pequeno e pode ter as mais diversas cores: branco, marrom, caramelo, preto ou o pelo mesclado, com diferença de cores da orelha para o resto do corpo, mas isso não é uma regra. O Shih Tzu: comportamento e preço do filhote vive entre 10 e 16 anos, mas sua pelagem acaba obrigando o dono a manter cuidados especiais.

Levar para um pet shop é uma solução para manter os pelos sempre desembaraçados, bonitos e cheirosos. A cada cinco dias, o Shih Tzu: comportamento e preço do filhote precisa de um banho com produtos de cuidado especial, secando logo depois para que o bichinho não fique doente.

Os cães Shih Tzu exigem alguns cuidados especiais

Shih Tzu: comportamento e preço do filhote

O valor de um cãozinho desses depende muito do local, mas pode ser encontrado entre R$ 900 e até mais de R$ 2 mil. Procure adquirir o cão em alguma loja confiável, já que é comum encontrar cruzamentos com cães parecidos.

O preço de um Shih Tzu pode variar entre R$ 900 a R$ 2 mil

Pesquisar
Artigos Relacionados