História do cinema no Brasil

links patrocinados

História do cinema no Brasil

Os filmes nacionais estão surpreendendo cada vez mais com suas temáticas interessantes e qualidade de produção técnica. Muitos pontos mudaram desde o começo das filmagens no país. A história do cinema no Brasil possui muitos acontecimentos, que trouxeram as produções brasileiras onde elas estão hoje.

Início da História do cinema no Brasil

A História do cinema no Brasil começou no final do século XIX, mais precisamente no ano de 1896.

História do cinema no Brasil Cinema no Brasil

Os primeiros equipamentos de projeção de filmes para o cinema chegou à cidade do Rio de Janeiro. A primeira exibição ocorreu no dia 8 de julho daquele ano foram 8 filmes mostrados. Cada produção tinha aproximadamente um minuto e continha imagens de cenas do cotidiano de pessoas da Europa.

Com ingressos acessíveis somente para a população da classe A, essas projeções foram muito fechadas e elitizadas, disponíveis somente para as famílias ricas do município. Entretanto, no ano de 1897, o Rio de Janeiro construiu a sua primeira sala de cinema e os primeiros filmes feitos em território nacional começaram a ser rodados também nesse ano.

Conheça a História do cinema no Brasil

Primeiras obras exibidas e a Crise no cinema nacional

Para os estudiosos e teóricos da História do cinema no Brasil as primeiras obras cinematográficas do país foram Ancoradouro de Pescadores na Baía de Guanabara, Uma artista trabalhando no trapézio do Politeama, Bailado de Crianças no Colégio, no Andaraí e Chegada do trem em Petrópolis. Todas essas produções de curta-metragem foram filmadas a partir de acontecimentos da cidade do Rio de Janeiro e foram exibidas em preto e branco e sem sons.

Até então, o cinema era um entretenimento cultural para as pessoas que tinham condições de pagar uma sessão de filmes no cinema. A História do cinema no Brasil só se expandiu a partir de 1907, com o advento da energia elétrica. A partir da década do ano de 1912, o cinema nacional enfrenta uma crise, pois os filmes norte-americanos começaram a atrair mais público.

Dedicado a somente exibir filmes estrangeiros, cinemas começam a serem construídos em várias cidades do país, além do Rio de Janeiro, como São Paulo, Belo Horizonte e Niterói. Os filmes brasileiros, a partir de 1914, começam a se dedicar a filmes baratos e de curta duração. Nesta mesma época, a história do cinema no Brasil se inicia nas capitais Recife, Porto Alegre, Curitiba, Manaus e João Pessoa.

Confira a História do cinema no Brasil

Primeiros filmes de longa-metragem da história do cinema no Brasil

Os primeiros filmes da categoria longa-metragem a serem feitos no país eram, geralmente, inspirados em crimes que aconteceram no país. Essas reconstituições de assassinatos, por exemplo, eram financiadas pelas próprias salas de cinema. Grandes títulos cinematográficos da época foram Os Estranguladores, O Crime dos Banhados, O Crime da Mala e Noivado de Sangue.

Outros títulos também fazem parte história do cinema no Brasil, como O Guarany, Paz e Amor, Os Óculos do Vovô, Nhô Anastácio Chegou de Viagem e A República Portuguesa. Esses filmes se encaixam respectivamente nos gêneros de ópera, musical, ficção, comédia e drama.

As adaptações de livros também ficaram bem presentes na história do cinema no Brasil, com longa-metragens produzidos a partir dos livros Inocência, do autor Taunay e de O Guarani, Iracema, A Viuvinha e Ubirajara, do autor José de Alencar.

A história do cinema no Brasil

O Som no Cinema e as produções atualmente

A partir da década de 30, o som começa a fazer parte da História do cinema no Brasil e as salas de projeção começam a adquirir equipamentos de áudio. Desde então, as filmagens americanas ganharam muito espaço e conseguem um público bastante ativo, até hoje. A industrialização primitiva dos Estados Unidos conseguiu fazer com que as produções fossem bem mais avançadas em questões técnicas e de efeitos.

Atualmente, muitos filmes brasileiros receberam destaques em festivais internacionais, como o filme Tropa de Elite, que quase entrou para a lista dos indicados ao Oscar. Outras produções que devem ser evidenciadas são Cidade de Deus, Carandiru, Faroeste Caboclo e A Mulher Invisível, filmes nacionais que receberam altos percentuais de bilheteria e que fazem parte da História do cinema no Brasil.

Pesquisar
Artigos Relacionados