Fusão Volkswagen e Porsche

links patrocinados

Fusão Volkswagen e Porsche

Fusão Volkswagen e Porsche

Duas das maiores empresas automobilísticas do mundo anunciaram que irão se fundir. As montadoras alemãs Porsche e Volkswagen finalmente se acertaram e a nova empresa será uma das maiores do mundo no segmento. A Porsche possuía maioria acionária de sua ‘concorrente’ e após uma reunião em Salzburg, na Áustria, o acerto foi definido. Desta forma, o novo conglomerado irá possuir 10 marcas, entre elas as também já famosas Audi e Bugatti.

Em um comunicado divulgado na cidade de Stuttgart (sede da Porsche), na Alemanha, as famílias proprietárias da montadora afirmaram que sempre foram favoráveis à constituição de um grande grupo automobilístico integrado.

Após o anúncio oficial, foi formado um grupo de trabalho para o planejamento da estrutura financeira da nova empresa que demorou quatro semanas para ficar pronto. O principal objetivo com a fusão entre Volkswagen e Porsche é o de manter a existência das dez marcas que agora farão parte da mesma bandeira.

Mesmo com a Porsche assumindo o comando majoritário, os proprietários afirmaram que os funcionários da Volkswagen irão participar das discussões, principalmente os da região da Baixa Saxônia (norte da Alemanha), local que possui aproximadamente 20% dos papéis da Volkswagen.

Marcas fusão Volkswagen e Porsche

Após a fusão entre Volkswagen e Porsche, o novo grupo passou a ostentar 10 marcas diferentes de automóveis, são elas: Porsche, Volkswagen, Bentley, Audi, Lamborguini, Bugatti, Scania, Skoda, Seat e MAN (caminhões).

Recepção da Volkswagen com relação à fusão com a Porsche

Os dirigentes do grupo Volkswagen receberam com satisfação a notícia da fusão com a Porsche, o que representa um novo grupo automobilístico integrado. De acordo com a nota divulgada após o anúncio da fusão, a nova empresa irá preservar a independência das 10 marcas que farão parte do conglomerado. Dessa forma, não haverá nenhum tipo de prejuízo para as outras montadoras.

A Volkswagen do Brasil não se pronunciou a respeito da fusão entre as duas empresas alemãs, entretanto, divulgou uma nota oficial na qual felicita a decisão da criação de um novo conglomerado.

Informações do negócio da fusão entre Volkswagen e Porsche

Antes de concretizar o acordo de fusão com a Volkswagen, a Porsche já possuía o controle majoritário da VW, com 51% das ações. Mas para garantir a fusão, se esforçou para adquirir mais 24% e ficar com 75%, ao todo. No entanto, com o anúncio da fusão entre ambas fez com que a Porsche também assumisse dívidas milionárias da Volkswagen. No primeiro momento, a Porsche pagou aproximadamente 23 bilhões de Euros pelos 51% da Volkswagen. Mas só de dívidas, a VW possuía mais de 9 bilhões de Euros, sem contar os juros.

Só que a estratégia da fusão pode gerar um impulso mercadológico na Volkswagen que irá se transformar em rentabilidade. O grande objetivo dessa fusão é superar a Toyota, a líder no mercado mundial de automóveis.

Fotos

Confira Fotos da Fusão Volkswagen e Porsche:

Modelos PorscheModelos Porsche
Volkswagen e Porsche anunciaram fusãoVolkswagen e Porsche anunciaram fusão
Modelos VolkswagenModelos Volkswagen

Pesquisar
Artigos Relacionados