Folclore Brasileiro

links patrocinados

Folclore Brasileiro

Folclore Brasileiro

Sobre o Folclore Brasileiro

O Brasil é um país muito rico, principalmente quando se trata de cultura. Com a miscelânea de pessoas que nasceram descendentes de povos que vieram na época da colonização, ou então fugidos da guerra, fez com que surgisse uma diversidade muito grande de cultura e costumes.

Ainda que os estrangeiros passassem a interferir de forma bastante incisiva na cultura brasileira, os índios – nativos daqui – também contribuíram muito nesta questão. Um exemplo de manifestação cultural é o folclore. O folclore brasileiro é um conjunto de mitos, festividades e comemorações, que as pessoas passam de geração para geração.

No caso do Brasil ele é muito amplo e possui diversas histórias, que surgiram principalmente no interior do país, principalmente quando as pessoas não davam conta de explicar fenômenos da natureza. O folclore se divide em mitos e lendas, e muitos deles deram origens às principais festas culturais brasileiras.

Histórias folclóricas

Existem diversos mitos e lendas folclóricos, e com certeza você já ouviu algum deles quando frequentava a escola. O saci-pererê é um dos mais famosos e conhecidos – e muito desse conhecimento se dá pelo Sitio do Pica-Pau Amarelo, obra de Monteiro Lobato onde a figura do saci era retratada.

O saci-pererê é representado pela figura de um menino que possuía uma perna só. Ele pulava ao invés de andar, e estava sempre com seu gorro vermelho – que lhe dava poderes mágicos – e cachimbo na boca. O saci adora espantar cavalos, acordar as pessoas com sua gargalhada alta e fazer travessuras.

Mula-sem-cabeça e lobisomem

A mula-sem-cabeça é uma das histórias que eram contadas para assustar as crianças. A lenda diz que a mula-sem-cabeça surgiu como forma de castigo para uma mulher que teve um romance com um padre. Deste modo, todas as madrugadas de quinta para sexta-feira, a mulher era transformada em um animal de quatro patas, que salta e galopa sem parar, soltando fogo pelas narinas.

Lendas do Folclore Brasileiro

Lendas do Folclore Brasileiro

Sobre as Lendas do Folclore Brasileiro

Mitos e lendas sobre os mais diversos assuntos existem em qualquer lugar do mundo e são passados de geração a geração. Grande parte destas histórias, no entanto, foi criada para transmitir mensagens importantes ou somente para assustas as pessoas. Por isso, dentro do folclore existem diferenças entre lendas e mitos.

As lendas são histórias contadas e transmitidas oralmente pelas pessoas. A imaginação está presente neste tipo de folclore, pois geralmente as histórias misturam fatos reais e históricos com acontecimentos resultantes da própria imaginação. Comumente, explicam casos sobrenaturais ou fatos misteriosos. Já os mitos possuem uma carga mais simbólica dentro dos contos. No passado, ainda sem o advento da ciência, muitos fenômenos da natureza, por exemplo, não tinham explicações científicas e, por isso, foram criados os mitos. Para dar sentido às coisas do mundo.

No Brasil, comemora-se o dia do folclore no dia 22 de agosto. Devido às grandes diferenças culturais que existem em nosso país, as lendas também podem ser classificadas por regiões. No entanto, as lendas mais famosas nos contam histórias sobre o lobisomem, o boitatá, o curupira e o boto cor de rosa, por exemplo.

Lendas do Folclore Brasileiro – O boitatá

Tendo como forma uma espécie de cobra de fogo, o boitatá protege a floresta e seus animais. Acredita-se que esta lenda tenha origem indígena e seja uma das primeiras do folclore brasileiro.

Lendas do Folclore Brasileiro – O curupira

Da mesma forma que o boitatá, o curupira ajuda a manter a salvo as florestas brasileiras. É representado por um anão de cabelo comprido e com os pés virados para trás que persegue e mta quem prejudica a natureza. Muitos moradores do interior do Brasil acreditam que quando alguém some no meio da floresta, a culpa é do curupira.

Lendas do Folclore Brasileiro – Boto cor de rosa

O boto é uma lenda típica da região amazônica. Acredita-se que o boto seja representado pela figura de um homem muito bonito e charmoso, que conquista as mulheres e leva as jovens para a beira do rio e as engravida. Antes de a madrugada chegar, ele então mergulha no rio e se transforma em um boto.

Pesquisar
Artigos Relacionados