Eólica Faísa

links patrocinados

Eólica Faísa

Eólica Faísa

Em 2011 a cidade de Trairi, no Ceará, passou a contar com os benefícios da energia eólica graças à chegada da Eólica Faísa. A partir de então o município, que possui pouco mais de 50 mil habitantes, passou a ser um dos grandes produtores brasileiros deste tipo de energia, fornecendo para todo o estado.

A Faísa I começou a ser construída em Trairi em setembro de 2010, após autorização do Ministério de Minas e Energia. A empresa é uma produtora independente, sem vínculos com o governo do estado. A energia produzida pela Faísa é, na maioria das vezes, comercializada para indústrias da região.

Estrutura

Ao todo, a cidade de Trairi recebeu doze unidades produtoras de energia elétrica, através da eólica Faísa I. A capacidade total de produção destas unidades é de 25,2 MW, com produção anual média de 9,2 MW. A energia eólica ali produzida é retransmitida através de uma subestação da empresa. Sua linha de transmissão tem alcance de cerca de sessenta quilômetros.

Onde fica a Eólica Faísa

A linha de transmissão da Faísa I se liga à Transmissora Delmiro Gouveia, de onde é repassada para o consumidor final. Todas as informações técnicas sobre a produção da Eólica Faísa I podem ser consultadas no site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão governamental responsável pela fiscalização e regulação da energia elétrica no país.

Vantagens e desvantagens da energia eólica

Existem diversas formas de se produzir eletricidade, como a energia elétrica – proveniente das usinas hidrelétricas -, nuclear, solar, térmica, mecânica e eólica. Cada um dos modos de produção possui vantagens e desvantagens.

Energia Eólica Faísa

No caso da energia eólica, uma das principais vantagens é o fato de se tratar de uma energia renovável e bastante limpa, se comparada com outros modos de produção. A produção de energia eólica, por exemplo, não emite gases responsáveis pelo efeito estufa, além de não gerar resíduos. Por isso, esta forma de se produzir energia é considerada extremamente favorável ao meio ambiente.

Fazendas Eólicas

As chamadas fazendas eólicas, locais onde os moinhos são instalados, permitem também que o solo possa ser aproveitado para outros fins, além da geração de eletricidade. O planeta possui um grande potencial para a geração deste tipo de energia, por isso, é cada vez maior o interesse de diversos países na instalação de fazendas eólicas.

Nos países da União Europeia, a energia eólica já responde por mais de 6% de toda a produção de eletricidade. No mundo, este número já supera a marca dos 3%, e é possível que o valor aumente de maneira considerável nos próximos anos.

Contudo, este modelo também possui algumas desvantagens. Dentre elas está a instabilidade dos ventos, o que pode prejudicar a produção de energia. No Brasil, por exemplo, não existem análises aprofundadas sobre a dinâmica dos ventos, o que pode fazer com que as fazendas eólicas não produzam de maneira eficaz durante todo o ano.

As fazendas eólicas, apesar de limpas, produzem alguma poluição visual e sonora. Em alguns casos, estes efeitos podem prejudicar a rota de migração de pássaros. A instalação de parques eólicos também demanda equipamentos consideravelmente caros, o que pode tornar a produção inviável em algumas regiões.

Produção Eólica Faísa Faísa Eólica

Vídeo Eólica Faísa

Confira um vídeo sobre fazenda eólicas

Pesquisar
Artigos Relacionados