Divisão Celular

links patrocinados

Divisão Celular

Divisão Celular

Sobre a Divisão Celular

Muita gente não gosta de biologia e sequer lembra o que estudou quando ainda estava na escola. Para essas pessoas, a biologia resume-se à flora e a fauna. O que não é lembrado é que o ser humano também é um animal e faz parte da fauna da biologia. E para que o ser humano seja constituído, é necessário um complexo processo de desenvolvimento embrionário. Nisso está incluída a divisão celular.

Função da Divisão Celular

A divisão celular tem um papel muito importante na constituição do organismo de todas as espécies. É este processo que faz com que uma única célula divida-se em várias outras.

Quando a fecundação ocorre, surge uma célula, que é chamada de célula-mãe. A divisão desta proporciona o aparecimento das células-filhas, que pode fazer o crescimento (no caso dos organismos multicelulares, como o ser humano) ou a substituição de células velhas por outras novas.

Tipos de Divisão Celular

E há dois tipos de divisão celular: a mitose e a meiose. A mitose caracteriza-se pela divisão da célula-mãe, onde esta divide-se em duas outras que possuem a mesma composição genética. É este processo que faz com que os seres vivos mantenham a espécie, excetuando-se os casos de mutação, que podem ocorrer por motivos vários.

Já a meiose é um processo de divisão celular em que a célula-mãe divide-se em outras duas com a metade do número de cromossomos.

Cada uma destas divisões celulares possui fases específicas e são destinadas a certas espécies. Mas o que importa é que a mitose e a meiose permitem a perpetuação das espécies e dos indivíduos.

Ciclo Celular

Ciclo Celular

Sobre o Ciclo Celular

A divisão celular é o processo pelo qual as células reproduzem-se. Entre duas divisões celulares ocorre um ciclo. Este consiste na intérfase e na fase mitótica.

A intérfase é o período entre uma divisão celular e outra. A célula passa boa parte de sua vida neste estágio, porque é nesse momento que há intensa atividade e que ocorre a duplicação do material genético.

Estágios do Ciclo Celular

Na intérfase ocorrem três estágios: o G1 (onde são sintetizados proteínas, enzimas e RNA), o S (quando ocorre a autoduplicação das moléculas do DNA e quando os cromossomos passam a ter dois cromatídeos) e o G2 (momento em que se dá a síntese das moléculas necessárias para a divisão celular).

Períodos do Ciclo Celular

Já a fase mitótica tem dois períodos: a mitose e a cariocinese. Na mitose ocorre a divisão celular. Este é um processo contínuo; porém, possui quatro etapas: a prófase (os filamentos de cromatina enrolam-se, os pares de centríolos afastam-se e os nucléolos desaparecem), a metáfase (cromossomos atingem a condensação, termina o desenvolvimento do fuso acromático e os cromossomos ficam alinhados), a anáfase (duplicação dos centrômeros, as fibrilas encurtam-se e afastam-se e os centrômeros passam por clivagem) e telófase (a membrana celular forma-se, os nucléolos e o fuso mitótico desaparecem e os cromossomos condensam-se).

Já na citocinese ocorre a individualização das células-filhas. Dependendo de a célula ser vegetal ou animal, a citocinese dá-se de maneira diferente.

Condições para o Ciclo Celular

Para o ciclo celular ser completado, são necessárias algumas condições, como quantidade adequada de nutrientes, dimensão correta da célula, etc.

Tensão muscular é uma proteção do corpo

Tensão muscular é uma proteção do corpo

A correria do dia a dia, estresse, contas a pagar, transito, má postura, alimentação desregrada, tudo isto pode refletir nos músculos do corpo. As tensões que se acumulam se transformam em dores musculares, que só passam quando o alivio de todos estes males acontece, ou com uma massagem bem aplicada para desfazer os chamados nódulos de tensão.

Além de uma massagem, agua quente também auxilia no relaxamento muscular. O que vai causar a dor são pequenas lesões causadas por erros de postura, assim as fibras musculares se contraem e sofrem estas lesões. A massagem age desembaraçando a tensão destas fibras. Assim elas ficam mais macias e aliviam o musculo, fazendo com que os movimentos voltem a ser naturais e sem dor.

O motivo da agua quente poder auxiliar é que o calor localizado no ponto a ser massageado melhora a circulação sanguínea, com isto o nível de oxigênio aumenta e a energia muscular também. Trata-se de um processo de alivio da dor muscular.

Existem muitas clinicas profissionais que oferecem diferentes tipos de massagens para alivio e tratamento de diversas lesões musculares. Fisioterapeutas também podem auxiliar nestas lesões, quando são mais do que simples casos de massagem, as lesões necessitam um tratamento de um profissional da fisioterapia.

Em casa a pessoa pode praticar a auto massagem, por exemplo nos pés, a pessoa pode ficar sentada de pernas cruzadas, passar um creme hidratante em todo o pé e fazer movimentos do calcanhar em direção aos dedos. Isto ira promover alivio e hidratação dos pés.

Movimentos circulares na região dos músculos do trapézio também ajudam a aliviar a dor no local, o movimento precisa ser feito em toda a região e não apenas em um ponto especifico.

Para dores musculares na região lombar e na região dos glúteos uma bolinha de tênis pode ajudar. Para isto basta apoiar a bolinha nesta região, deitado de barriga pra baixo, e em seguida realizar movimentos circulares com a bolinha de tênis. Isto deverá aliviar imediatamente as dores nesta região. Durante o dia a dia é necessário adotar posturas mais corretas e alinhadas para o corpo, evitar carregar pesos desnecessários, relaxar e alongar sempre que possível.

Pesquisar
Artigos Relacionados