Diferenças entre vinhos

links patrocinados

Diferenças entre vinhos

Assim como os queijos, os vinhos são encontrados e comercializados de acordo com sua consistência, sabor, produção e safra.

Utilizações dos vinhos e suas diferenças

Diferenças entre vinhos Vinhos

Seja para um jantar romântico, aproveitar a sexta-feira com os amigos, fazer pratos que levam vinho em sua preparação ou até mesmo para acompanhar aperitivos em um encontro você poderá encontrar dezenas de safras e sabores de vinhos. Neste artigo trouxemos algumas das diferenças entre vinhos e um pouco mais sobre como são fabricados e qual é a sua consistência e sabores que os diferenciam de outros vinhos.

Conheça a Diferenças entre vinhos

Entenda um pouco mais sobre vinhos.

Se você é um leitor voraz e gosta de sempre se manter em dia com todos os assuntos ficará feliz de saber que em uma rápida busca pelo SKOOB, site em que são cadastrados todos os tipos de livros e leitores encontramos 44 obras que em seu título contam com a palavra ‘vinhos’. Nestas obras você encontrará dicas sobre como reconhecer e conhecer vinhos, sobre degustação e elaboração, além de dicas sobre como escolher um bom vinho. A obra mais interessante para você que quer aprender mais sobre vinhos é a 1.000 Grandes Vinhos – Que não custam uma fortuna. Uma das melhores vinícolas do mundo, publicado pela editora DK em 2011. Este livro tem 352 páginas sobre vinhos e lhe ajudará a entender um pouco mais sobre as diferenças entre as dezenas de vinhos que existem.

Qual a Diferenças entre vinhos

Diferenças entre vinhos Gran Reserva, de Reserva e Reservado

Os vinhos acabam sendo classificados de acordo com o tempo em que são envelhecidos, seja nas barricas ou até mesmo nas garrafas. Alguns países europeus têm legislações que controlam este envelhecimento e as denominações apresentadas neste tópico são bastante comuns e estampadas nas embalagens que as distinguem. Os vinhos Gran reserva são aqueles que passam por um processo mais completo e complexo de envelhecimento, por isso destacam-se em relação aos outros. Já os vinhos de reserva e reservados são aqueles cujo têm que cumprir as exigências do país em que são produzidos, como é o caso da Itália em que os vinhos precisam ser envelhecidos pelo menos por três anos.

Confira a aDiferenças entre vinhos

Diferenças entre vinhos frisante e espumante

As diferenças entre os vinhos vão bem além de sua fabricação ou envelhecimentos. Outro ponto que os distinguem são os métodos de vinificação, ou seja, como são feitas as fermentações para deixar o vinho em sua apresentação final. Esta fermentação é feita por uma série de reações causadas por leveduras que entram em contato com a frutose e glicose que compõem a bebida. Os vinhos frisantes são aqueles vinhos em que a fermentação alcoólica e as espumas são obtidas pelo mesmo processo, sendo que este poderá ser obtido de forma natural ou artificial. Já os vinhos espumantes são obtidos por dois processos distintos, o Charmat e o Champenoise. O primeiro é feito por meio de um vinho base que realiza a fermentação em tanques de aço, já o segundo processo têm a fermentação do vinho base dentro da garrafa do vinho.

Pesquisar
Artigos Relacionados