DGP

links patrocinados

dgp

DGP

Sobre o DGP

O Departamento Geral do Pessoal (DGP) é o órgão do Exército Brasileiro responsável por planejar, orientar, coordenar e controlar as atividades realizadas pelo Sistema de Pessoal do Exército. Além disso, o DGP executa atividades de administração de pessoal, atribuídas a ele pela legislação. O objetivo final do DGP é garantir as condições necessárias ao funcionamento do Exército, para que ele cumpra sua destinação constitucional e atribuições complementares.

Entre as competências do DGP estão a coordenação de atividades relacionadas com o serviço militar em si, movimentação, promoção, cadastro, avaliação, direitos, deveres, incentivos, pessoal civil, além de inativos e pensionistas.

O departamento também deve planejar e controlar atividades nos setores de Pesquisa e Desenvolvimento, Planejamento Administrativo, Programação e Orçamentação, Organização e Métodos, Administração Financeira, e Contabilidade e Auditoria.

Também compete ao DGP a expedição de normas, instruções, planos e programas para execução de atividades, a realização de licitações e compras de materiais e serviços. É interessante mencionar ainda que o departamento toma medidas relacionadas à saúde, como inspeções, supervisiona as atividades do Serviço de Assistência Religiosa e promove pesquisas e estudos com o objetivo de aprimorar suas atividades.

Histórico

O Departamento do Pessoal surgiu a partir de uma reorganização do Exército que ocorreu em 1956. O regulamento do departamento foi aprovado em 1976 e hoje sua estrutura é composta por uma Chefia, Diretoria do Pessoal da Ativa, Diretoria do Serviço Militar e Diretoria de Assistência Social.

Já a história de defesa militar brasileira começou em 1808, quando Dom João VI criou a Secretaria de Estado dos Negócios da Gerra e Estrangeiros. Logo depois da independência, em 1822, a Secretaria foi dividida em dois órgãos, uma para Negócios de Gurra e outro para Negócios Estrangeiros.

DGP Sipeo e Sire

DGP Sipeo e Sire

Sobre o DGP Sipeo e Sire

Todos sabemos que cargos ligados a algumas instituições são repletos de atendimentos diferenciados. Normalmente, são funções vinculadas ao Governo, mesmo que não seja diretamente como funcionário público, a partir da aprovação em concurso público. Aqueles que tem atuação militar também recebem certos privilégios com os quais outras pessoas não podem contar.

Divisão de tarefas

Enquanto os trabalhadores no mercado de trabalho esperam conseguir um plano de saúde corporativo a partir da sua regularização como funcionário de uma empresa, os integrantes do exército contam com uma estrutura exclusiva para o atendimento à saúde. Diversos segmentos da saúde são englobados para garantir a melhor cobertura.

Para começar, o SIGIR é o departamento responsável por permitir o gerenciamento integrado dos recursos, ou seja, das finanças, do Sistema Pessoal do Exército. Na sequência, outros seis departamentos atuam em conjunto com o SIGIR, cada um representando sua função. O responsável por controlar o atendimento médico-hospital, por exemplo, é o SIRE.

Na sequência, o SIRC é o departamento que controla as informações sobre os contratos fechados com os prestadores de serviços que garantem o atendimento médico. Afinal, de alguma maneira os médicos precisam receber a remuneração pela tarefa que cumprem para o Exército. Assim, existe um órgão específico para supervisionar os contratos.

Ação conjunta

Um dos departamentos que tem grande importância dentro da estrutura organizacional do SIGIR é o SIPEO. A função deste é atuar no planejamento e na execução da possibilidade de descentralizar os recursos. Com isso, o SIPEO consegue garantir que as ações do DGP, PAA, entre outros, sejam atendidas.

Além dos departamentos já citados, para permitir que os interessados no serviço tenham participação direta na realização dos mesmos, o SIRUS é o qual controla a distribuição dos recursos obtidos. Ao mesmo tempo, o SAGRE tem como atribuição a finalidade de criar mecanismos eficientes para a consulta de apoio à gestão das funções.

Por fim, o último departamento é o SIGEMS, que tem sua importância na administração do estoque de materiais necessários para o atendimento à saúde do exército. Assim, trabalhando em conjunto, cada departamento consegue realizar sua tarefa e, ao mesmo tempo, providenciar o melhor serviço aos seus usuários.

Pesquisar
Artigos Relacionados