DFTRANS

links patrocinados

DFTRANS

DFTRANS

Sobre a DFTRANS

A Transporte Urbano do Distrito Federal – DFTRANS é uma autarquia criada em 28 de fevereiro de 1992 com o objetivo específico de fiscalizar a área do transporte no Distrito Federal. Originalmente, o órgão se chamava Departamento Municipal de Transporte Urbano (DMTU), tendo sua denominação atualização para DFTRANS por meio do decreto 23.902, de 11 de julho de 2003. Após esse período o órgão foi reestruturado e recebeu um novo Regimento Interno.

Essas alterações foram conduzidas com base e estudos para implantar novos modelos de gestão e operação do sistema de transporte público coletivo do Distrito Federal. O objetivo dessa nova fase é atender as exigências da moderna estrutura dos órgãos que compõem o complexo administrativo do DF para estruturar uma entidade que possa gerenciar o transporte público coletivo de forma mais ágil.

A missão

Atualmente, o trabalho da DFTRANS é garantir um transporte eficiente, seguro e moderno para atender a população local, de forma a viabilizar em sua plenitude o direito de ir e vir de todo cidadão – minimizando o tempo gasto nas viagens e garantindo conforto para os passageiros.

Com esse enfoque, o DFTRANS espera aumentar substancialmente a oferta do transporte público de qualidade, nunca esquecendo de tratar com especial atenção os idosos, os portadores de deficiência ou necessidades especiais.

Outras atribuições

Dentro das novas atribuições estabelecidas para a autarquia a partir de 2007 está o planejamento de novas linhas e a avaliação de desempenho do sistema atual, a elaboração de estudos dos custos dos serviços oferecidos e dos níveis tarifários, além da gestão, do controle e da fiscalização dos serviços prestados aos passageiros.

Ainda de acordo com o site oficial da DFTRANS, são funções da autarquia informar os usuários sobre o serviço prestado, manter dados estatísticos sobre o sistema de transportes, administrar a comercialização de vales-transporte, projetar e implantar abrigos e pontos de parada, estimar custos e tarifas e aplicar sanções e penalidades por infrações cometidas pelas operadoras e demais permissionários.

A direção

De acordo com o organograma do órgão, a entidade máxima e responsável pelas decisões finais da DFTRANS é a sua Diretoria Colegiada, que em 2011 é composta por Diretoria Colegiada Marco Antonio Campanella, Raimundo Lúcio Lima da Silva, Ricardo Leite de Assis e Raimundo Lúcio Lima da Silva.

 

DFTrans Nomeações>

DFTrans Nomeações

Sobre o DFTrans Nomeações

Quem não sonha em passar em um concurso público? O salário é bem pago e o emprego muitas vezes possui diversas comodidades e garantias. O Brasil oferece diversos concursos e muitos inscritos buscam uma das tão disputadas vagas.

A Transporte Urbano do Distrito Federal, DFTrans, elabora diversos concursos públicos para a contratação de diversos profissionais de diferentes setores. Entre os cargos mais disputados estão do setor administrativo e também para motoristas.

Após realizar o concurso público, o candidato deve ficar atendo as nomeações. No processo seletivo, costuma-se informar a divulgação dos nomeados e o período de contratação. As nomeações dos concursos realizados pela DFTrans costumam ocorrer em até 90 dias após a realização do concurso.

Processo seletivos DFTrans

Se você deseja fazer parte do quadro de funcionários da DFTrans, fique atendo aos editais públicos sobre os concursos. Neles, você encontra todos os dados e a regulamentação sobre o concurso, como datas, locais de prova e prazos de inscrição. É possível encontra na Internet algumas provas que foram elaboradas para a DFTrans, assim, o candidato pode saber os assuntos e como eles são cobrados para a futura nomeação.

Desclassificação da nomeação

Após a nomeação, o aprovado deve ir até a sede da DFTrans para saber quando irá começar a trabalhar. Quem for nomeado e não comparecer na data limite, está desclassificado. Assim, os candidatos que ficaram na lista de espera, serão convocados a comparecer no local e horário determinado pela empresa.

Direitos dos nomeados

Todos os nomeados possuem algum direitos garantidos por lei. Sendo assim, é necessário que leia-se todo o regulamento do concurso e fique atendo se a empresa está cumprindo. Muitas vezes, a empresa realiza um concurso público mas demora para fazer as nomeações. Se a data limite não for atendida, o concorrente pode ir até o Ministério Público e fazer uma declaração sobre o não cumprimento da regulamentação do concurso.

Ainda, a empresa deve atender as datas de nomeação. Como o concurso tem validade, se o candidato for nomeado mas a empresa não fizer a contratação até a data limite, ele pode recorrer ao Ministério Público para garantir o seu emprego.

Pesquisar
Artigos Relacionados