Defensoria Publica SP

links patrocinados

Defensoria Publica SP

Defensoria Publica SP

A defensoria publica é responsável por prestar assistência jurídica a qualquer cidadão que não pode pagar por uma defesa judicial, um advogado. A instituição defensoria pública nao é integrante formal do poder executivo, apesar de depender financeiramente do mesmo.

A defensoria publica possui autonomia administrativa e funcional. Ela representa o direito constitucional de que todo e qualquer cidadão tem direito a acesso a justiça. Ela é dividida por defensorias estaduais, conhecida como Defensoria Publica na federação. Ela esta presente em todos os estados da federação. Atua em todo território nacional, algumas são imensas, como da Defensoria Publica do Estado de São Paulo.

Unidades

A Defensoria Publica do Estado de São Paulo é dividida por regionais, e estas regionais subdivididas por unidades. Na unidade Norte-Oeste existem a unidade Santana, a Unidade Lapa, a Unidade Nossa Senhora do Ó, a Unidade Pinheiros e a Unidade Butantã.

A Regional Leste é composta pela Unidade Penha de França, Unidade Tatuapé, Unidade São Miguel Paulista, Unidade Itaquera e Unidade Vila Prudente. A Regional Sul é composta Pela Unidade Santo Amaro, a Unidade Jabaquara e a Unidade Ipiranga.

Na Regional Central, se encontram as unidades Cível, Unidade Família, Unidade Plantão Cível, Unidade Plantão Família e Unidade Fazenda Pública. A Regional Criminal conta com a Unidade Varas Singulares, Unidade Vara de Execução Criminal, Unidade Júri, Dipo e Jecrim e a Coordenação da Execução Penal. Há ainda a Regional da Infância e Juventude, composta apenas de sua unidade.

Todas estas regionais e unidades situam-se apenas na capital paulista, para informações sobre regionais da região metropolitana e regionais e unidades do interior paulista visite a área de endereços do site da Defensoria Publica do Estado de São Paulo.

Como procurar a defensoria

Qualquer cidadão que não tenha condições financeiras para contratar um advogado pode procurar a defensoria publica do estado de São Paulo. O defensor publico ira inquerir o cidadão sobre renda familiar, patrimônio e gastos mensais, para averiguação da necessidade ou não do defensor publico. Se o cidadão se encaixar, basta seguir a unidade mais próxima de atendimento do caso, com documentos exigidos pelo defensor, e será então atendido.

Defensoria Pública SP – concurso público 2013

Os concursos públicos são feitos anualmente e algumas pessoas participam de todos aqueles que são liberados para sua cidade ou estado, isto acontece porque os cargos públicos além de oferecerem a tão sonhada estabilidade profissional contam com salários algumas vezes mais altos do que no setor privado, assim como todos os benefícios que os funcionários públicos têm.

Concurso para a Defensoria Pública de São Paulo – 2013

Defensoria Pública SP - concurso público 2013 Defensoria Pública SP

Quem está organizando o concurso público para a Defensoria Pública do Estado de São Paulo é a Fundação Carlos Chagas, sendo que as 90 vagas ofertadas são para o cargo de Defensor Público.

Antes de fazer a sua inscrição fique atento aos requisitos para a posse do cargo, uma vez que se você não apresentar estes requisitos na hora da nomeação não será possível tomar posse do cargo.

Defensoria Pública

Requisitos para participar do concurso

Os candidatos deverão, obrigatoriamente, possuir todas estas especificações para fazer a inscrição para o concurso da Defensoria Pública do Estado de São Paulo: conhecer e estar de acordo com as exigências contidas no Edital; ser português ou brasileiro com residência permanente no País; não ter antecedentes criminais incompatíveis com o exercício das funções ou não possuir condenações criminais; na data da posse terá que ter no mínimo 2 (dois) anos de prática profissional na área jurídica, esta que será devidamente comprovada; haver recolhido o valor de inscrição, 220 reais, fixado no Edital de Abertura de Inscrições; não possuir condenação em órgão de classe, em relação ao exercício profissional; condenação em ação judicial de improbidade administrativa e não possuir condenação administrativa, ser bacharel em direito; estar no gozo dos direitos políticos; estar em dia com as obrigações militares.

São Paulo

Fazendo a inscrição para o concurso público 2013

As inscrições começaram a ser aceitas no dia 25 de julho de 2013 e serão feitas até o dia 23 de agosto do mesmo ano. Para ter acesso à ficha de inscrição você deverá acessar o site da Fundação Carlos Chagas e encontrar em concursos abertos o concurso público para a Defensoria Pública de SP. Na página do concurso você encontrará o link para a geração do boleto e inscrição, o edital dos pedidos de isenção de taxa de inscrição, a confirmação do pagamento daqueles que já efetuaram o pagamento da taxa e o edital da abertura do concurso público para a Defensoria Pública de SP. Esta isenção da taxa não está sendo mais aceita, portanto se você quiser fazer o concurso ainda poderá fazer a inscrição só que terá que pagar os 220 reais da taxa de inscrição.

Confira - Defensoria Pública SP - concurso público 2013

Aplicação das provas do Concurso para a Defensoria Pública de São Paulo – 2013

As inscrições serão aceitas até o dia 23 de agosto de 2013, a prova escrita está com a data prevista marcada para o dia 22 de setembro e os primeiros gabaritos serão disponibilizados logo no dia 27 de setembro deste ano. Todas as provas terão caráter eliminatório e ao todo serão feitas três provas escritas e uma prova oral. Para maiores informações acesse o site da Defensoria Pública de São Paulo ou da Fundação Carlos Chagas.

Pesquisar
Artigos Relacionados