DCEM EB

links patrocinados

DCEM EB

DCEM EB

Sobre o DCEM EB

O DCEM, Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações, tem por finalidade o provimento de pessoal nas organizações militares, além de planejar e efetivar as movimentações de competência com as diretrizes.

A história da Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações está ligada ao Departamento de Gurra, que foi criado em 24 de agosto de 1909. Este órgão específico era o responsável pelos encargos de movimentação. Dez anos depois, o Departamento a chamar de Departamento do Pessoal do Exército, pela importância frente a gestão de recursos humanos.

Nova Modificação em 34

No ano de 1934, o Departamento do Pessoal do Exército passou a ter como responsabilidade a coordenação administrativa, além da fiscalização de todas os assuntos correlacionados ao pessoal do Exército.

Já nos anos 50 é criado novo órgão, o Departamento-Geral do Pessoal e a Diretoria do Pessoal da Ativa, recebendo assim novas atribuições como movimentar o pessoal civil e militar do Exército.

Modificação para a nova capital do país, Brasília

Mesmo com a criação de uma nova capital do país, Brasília, o Departamento-Geral do Pessoal se transfere somente para a nova sede no dia 12 de dezembro de 1972. Ocorre uma nova estruturação e a Diretoria do Pessoal da Ativa passa a se chamar Diretoria de Movimentação.

A modificação para o nome atual do órgão se deu no dia 28 de janeiro de 2004, através do Decreto nº 4963. Esta modificação se deu frente necessidade de aperfeiçoar os sistemas de controle dos efetivos do Exército, e ainda sobre a dinâmica nas ações relacionadas a movimentação de pessoal.

Hoje o órgão se encontra totalmente renovado pelas novas gerações de civis e profissionais, procurando sempre aperfeiçoar seus sistemas e processos, buscando conciliar a necessidade de cada militar com a necessidade do serviço, visando sempre a satisfação do pessoal.

DCEM

DCEM

Sobre o DCEM

Quando a sociedade envolvida no desenvolvimento do exército é relembrada, uma série de órgãos públicos existe para garantir o bom funcionamento desse setor do governo brasileiro. Por a existência do exército marcar a história do Brasil desde muitos anos atrás, alguns braços do governo também completam longa existência e funcionamento pleno na sociedade.

Histórico do DCEM

Um exemplo desses setores de atuação em prol do exército é a Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentação, o DCEM. O primeiro registro da concretização das obrigações desse órgão responsável volta ao ano de 1909, quando existia somente o Departamento da Guerra, que também é responsável pelo surgimento do DCEM.

Com o passar do tempo, e a crescente importância em fortalecer esse segmento do governo, duas mudanças aconteceram nos anos de 1916 e 1934. Primeiramente, o Departamento da Guerra passou a ser chamado de Departamento do Pessoal do Exército. Em seguida, esse mesmo departamento ganhou as funções administrativas e de fiscalização das atividades do exército.

Quando a Segunda Guerra Mundial tomou conta dos acontecimentos globais e passou a preocupar diversas nações, o Departamento do Pessoal do Exército é novamente rebatizado e começa a responder pelo nome de Diretoria das Armas. Nesse momento, a nova Diretoria é obrigada a responder diretamente do Ministro da Guerra.

Objetivos do DCEM

Foi somente no ano de 2004 que essa diretoria foi então rebatizada de Diretoria de Controles de Efetivos e Movimentações, atualmente conhecida como DCEM. Isso aconteceu pelo decreto nº 4963, que visava dar importância às ações relativas ao pessoal e às movimentações feitas pelo exército.

As finalidades atuais do DCEM englobam “prover de pessoal as organizações militares, planejar e efetivar as movimentações de competência do Chefe do Departamento Geral do Pessoal (DGP), colaborar com o EME, emitir parecer sobre a conveniência de passagem de militares à disposição de órgãos estranhos à Força”, entre diversas outras funções, de acordo com o site do próprio DCEM.

Além das outras finalidades que cabem ao DCEM, o órgão tem como objetivo cumprir com as duas missões básicas. Aquelas que são estabelecidas para a realização pelos funcionários do DCEM são “o controle dos efetivos do Exército, a seleção e movimentações dos militares; a adição, agregação e reversão; a designação para o serviço ativo e suas prorrogações; e as propostas para distribuição de vagas para cursos e estágios gerais do Exército”.

Pesquisar
Artigos Relacionados