CVC Cruzeiros e Turismo

links patrocinados

CVC Cruzeiros e Turismo

CVC Cruzeiros e Turismo

A CVC é uma agência de turismo brasileira, que é responsável por 60% da venda dos pacotes no Brasil, sendo, portanto, uma das empresas mais populares no país.

A sigla CVC remete ao nome de um dos sócios, Carlos Vicente Cerchiari, que juntamente com Guilherme Paulus, criaram a empresa em maio de 1972, na cidade do ABC Paulista Santo André. O objetivo principal da empresa acabou se tornando uma realidade no Brasil: a democratização das viagens para as camadas mais baixas, popularizando portanto as viagens de avião, os cruzeiros na costa brasileira, o turismo na América Latina (em locais baratos e próximos como Argentina e Chile), além da valorização das belezas naturais das regiões como Norte e Nordeste.

Em 1976, a sociedade foi desfeita e a empresa ficou sob comando apenas de Guilherme, que a partir dessa ação resolveu incluir a mulher, Luiza, nos negócios. As primeiras atitudes com relação a essa mudança foi oferecer novidades para os clientes, despertando o interesse do turismo de massa no Brasil.

A CVC foi a primeira empresa a se envolver com o fretamento de aeronaves, além do parcelamento dos pacotes, ainda nos anos oitenta descobriu a relevância do turismo rodoviário e da possibilidade de conquistar clientes nas grandes fábricas e indústrias do ABC (como funcionários de montadoras das marcas Volkswagen, Ford, Mercedes Benz, entre outras). Conseguiu promover a marca ao trazer pacotes em grupo nessas empresas, dando palestras através dos Recursos Humanos ou mesmo no contato com vários funcionários.

Com muitos clientes, ficou mais fácil fechar contratos e promoções com outros tipos de serviços envolvidos com o turismo, como é o caso de hotéis e companhias aéreas – no final dos anos oitenta, conseguiu vender vários pacotes para as cidades de Manaus, Salvador, Fortaleza e Maceió, por exemplo. Com esse sucesso, a CVC inaugurou a primeira loja fora do ABC paulista. No início dos anos noventa, virou notícia por comprar metade de todas as passagens vendidas pela Vasp (empresa aérea na época). No final da mesma década, já se destacava por destinos como a Pousada do Rio Quente, em Goiás, diferentes pontos da Serra Gaúcha, além de cidades como Natal e Porto Seguro. Em 1998, já tinha filiais nas cidades de Santos, Guarulhos, Osasco, Campinas, Mogi das Cruzes, São José dos Campos, Porto Alegre, Belo Horizonte, Florianópolis, Londrina, Curitiba e Rio de Janeiro.

CVC Atualmente

Em 2002, a empresa comemorou trinta anos de existência com mais de cinco milhões de passageiros embarcados, quase cinqüenta lojas espalhadas pelo Brasil (além de uma nos Estados Unidos). Além disso, o perfil da CVC atualmente não se resume mais apenas ao turismo popular, conquistando também as exigências da classe média – e a desvalorização do dólar, resultando em venda de pacotes para a Europa e Disney. Em 2010, 60% das subcategorias CVC Marítima e CVC Operadora de Viagens foi vendida para o conglomerado Carlyle Group (embora o restante da empresa continue sob comando do casal que é o dono desde a fundação da CVC).

Alguns números da empresa incluem mais de novecentos funcionários diretos e três mil indiretamente ligados, presença em seis países, mais de seiscentas lojas, além de trazer cerca de dez mil turistas estrangeiros para o Brasil. Alguns dos destinos mais populares vendidos pela CVC são: Porto Seguro, Porto de Galinhas, Fortaleza, Natal e Maceió.

Fotos

Confira Fotos da CVC Cruzeiros e Turismo:

CVC ViagensCVC Viagens
A CVC oferece vários pacotes em cruzeirosA CVC oferece vários pacotes em cruzeiros
Aproveite as promoçõesAproveite as promoções

Pesquisar
Artigos Relacionados