CREA

links patrocinados

CREA

CREA

O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, também conhecido como CREA, é um órgão vinculado diretamente ao Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) e é responsável pela fiscalização e regulamentação das profissões a ele vinculada. Cada estado brasileiro possui um correspondente do CREA que é o encarregado das tarefas em âmbito regional.

Da mesma forma que existe o Conselho Regional de Medicina (CRM) para os médicos, e outros profissionais em seus respectivos campos, os engenheiros, agrônomos e arquitetos devem ser registrados no CREA para poderem exercer sua profissão.
Além das áreas que dão nome ao conselho, o CREA também é responsável por fiscalizar as atividades de geologia, geografia e meteorologia, além de atividades relacionadas a técnicos industriais de nível médio e outros tecnólogos.

Registro CREA

Todos os profissionais das áreas de engenharia, agronomia e arquitetura devem se registrar ao CREA como meio de assegurar os direitos, tanto no âmbito dos empregados (direitos trabalhistas), como no de prestação de serviços. Tudo isso para fiscalizar o uso das atribuições da profissão.

Para realizar o registro junto ao CREA, o profissional da área deverá fazer o pedido junto ao diretório regional do conselho. Isso será feito através do preenchimento de fichas e envio de documentações, além do pagamento de uma taxa de abertura e de mensalidades ou anuidades.

Áreas profissionais do CREA

O CREA atua na fiscalização, controle e orientação das seguintes áreas profissionais: Engenharia Civil, Agronomia (ou Engenharia Agronômica), Engenharia Sanitarista, Engenharia Ambiental, Engenharia Metalúrgica, Engenharia Cartográfica, Engenharia Hídrica, Engenharia Naval, Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica, Engenharia de Agrimensura, Engenharia de Pesca, Engenharia Elétrica, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Eletrônica e Eletrotécnica, Engenharia Industrial, Engenharia Mecânica, Engenharia de Operação, Engenharia Aeronáutica, Engenharia Química, Engenharia de Produção, Engenharia Têxtil, Geologia, Engenharia de Materiais, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Minas, Engenharia de Geologia, Meteorologia, Geografia, Engenharia Florestal, Engenharia Agrícola, Engenharia de Aquicultura e Engenharia de Segurança do Trabalho.

Estrutura do CREA

Cada um dos diretórios estaduais do CREA possui um sistema próprio de fiscalização. Mas na maioria dos casos, a sua estrutura é dividida em três estruturas distintas: básica, de suporte e auxiliar.

Estrutura básica: a estrutura básica do CREA é responsável pelo desenvolvimento de condições para a realização das atividades do conselho. Essa estrutura é composta pelos órgãos decisórios e executivos, e compreendem a Presidência, Plenário, Câmaras Especializadas, Inspetorias e Diretorias.

Estrutura de suporte: como o seu próprio nome diz, a estrutura de suporte é responsável por dar apoio aos órgãos da estrutura básica e é composta por órgãos de caráter temporário, especial ou permanente. A estrutura de suporte compreende Comissões Especiais, Comissões Permanentes, Órgãos Consultivos e Grupos de Trabalho.

Estrutura auxiliar: essa é a estrutura responsável pelo funcionamento das outras duas, já que se caracteriza pelos serviços jurídico, financeiros, administrativo e técnico do CREA.

Fotos

Confira Fotos do CREA:

CREACREA
Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e AgronomiaConselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia
Todos os profissionais dessas áreas devem se inscrever no CREATodos os profissionais dessas áreas devem se inscrever no CREA

Pesquisar
Artigos Relacionados