CPTEC Tempo

links patrocinados

CPTEC Tempo

CPTEC Tempo

Sobre a CPTEC Tempo

Antes de sair de casa é sempre bom dar uma olhadinha na previsão do tempo para saber o que vestir e também se é bom investir no guarda-chuva ou não. Segundo a previsão do tempo para esta quarta-feira, 30 de março, a maior parte do país estará entre nuvens, com grandes chances de pancadas de chuva.

A umidade do ar estará alta, o que vai deixar o dia chuvoso entre SC e o Sul de SP. A previsão aponta ainda que talvez ocorram chuvas fortes em alguns locais entre o leste de SC e SP. Já no litoral do PR e SC é bom tomar cuidados com os ventos, porque eles podem vir muito fortes. O dia ficará encoberto em grande parte do RS e devem cair chuvas isoladas em algumas cidades tanto do Rio Grande quanto de SC.

Em Minas Gerais, interior da Bahia, Amapá, Pará e Roraima terão bastante nebulosidade com pequena probabilidade de chuvas. Apenas no Espírito Santo, nordeste de Minas, e faixa leste do Nordeste o sol estará no meio de poucas nuvens. (Confira sobre o CPTEC Previsão do Tempo)

Previsão para SP pela CPTEC Tempo

A previsão para a cidade de São Paulo para esta quarta é de muitas nuvens com pancadas de chuva alternadas. A mínima é de 19ºC e a máxima, de 24ºC. A quinta-feira segue no mesmo padrão de quarta, mas a temperatura varia entre os 17ºC e os 25ºC. Na sexta-feira o sol já aparece em alguns momentos, com previsão de chuva isolada. No fim de semana o tempo varia entre sol e pancadas de chuvas isoladas.

Previsão para RJ pela CPTEC Tempo

A quarta-feira no Rio de Janeiro será nublada com pancadas de chuvas ao longo de todo o dia. Porém, as temperaturas não ficam tão baixas. A mínima prevista é de 20 e a máxima é de 29ºC. A quinta-feira terá muitas nuvens no céu com grandes chances de pancadas de chuva durante o dia. Na sexta-feira a previsão é de chuvas isoladas, no sábado tem-se pouca nebulosidade e no domingo o sol aparece entre poucas nuvens. A mínima para sexta é de 19ºC, para sábado e domingo, de 18ºC. Já a máxima fica na casa dos 29ºC para os três dias.

CPTEC

CPTEC

Sobre o CPTEC

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) é um órgão brasileiro responsável por cuidar da parte de pesquisa de tudo o que envolve o espaço, inclusive a previsão do tempo.Especialmente para cuidar deste assunto, a INPE tem o CPTEC, que é o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos.

O CPTEC é o centro mais avançado de previsão numérica de tempo e clima da América Latina. Desde 1995, ele fornece previsões do tempo e condições climáticas com alta precisão, e também domina técnicas de modelagem numérica altamente complexas.

Os computadores utilizados no CPTEC tem capacidade de processar bilhões de operações aritméticas por segundo, e as informações geradas por eles tem a mesma confiabilidade daquelas geradas em países desenvolvidos.

Funções do CPTEC

O CPTEC tem por função monitorar e pesquisar os mínimos detalhes do clima e do tempo de cada região do Brasil, em favor da sociedade e da economia. Um dos serviços oferecidos é o CPTEC previsão do tempo completa em todas as cidades do país, infomando, além de mínimas e máximas de temperatura, dados como a probabilidade de chuvas, nascer e pôr-do-sol, e características do dia, como sol com nuvens, chuvas e trovoadas ou tempo limpo.

Este órgão também monitora, entre outras coisas, queimadas, dando a localização exata, com latitude e longitude de onde elas estão ocorrendo; monitora os fenômenos climáticos El Niño e La Niña, bem como demosntram como eles afetam as regiões do Brasil; para os aeroportos, também fornecem dados de Metar, como a velocidade e direção dos ventos, e visibilidade.

O Supercomputador do CPTEC

No ano de 2010, o CPTEC investiu 50 milhões de reais na implantação de um novo computador para prever e processar informações meteorológicas. Com este equipamento, o Brasil terá um dos maiores centros de análises meteorológicas do Hemisfério Sul.

O objetivo desse supercomputador é também conseguir prever, de maneira eficaz, desastres naturais como os desabamentos de terra em decorrência das chuvas, ocorridas no Rio de Janeiro recentemente. Com essa previsão, será possível minimizar os desastres e planejar ações para que se percam menbos vidas e que a estrutura se recupere mais rápido.

Pesquisar
Artigos Relacionados