Consulta CPF

links patrocinados

CPF Consulta

Consulta ao CPF pode significar constrangimento ao cliente, mas segurança aos comerciantes

A consulta ao CPF é um dos maiores terrores dos brasileiros endividados. Isso porque, durante um período devendo para algumas empresas, o cliente acaba sendo cadastrado nos famosos órgãos de proteção ao crédito brasileiros.

Isso acontece porque após as empresas tentarem receber o débito sem sucesso, o mais comum é que elas enviem uma notificação ao cliente avisando que o seu nome será registrado em alguma instituição do tipo.

Os órgãos de proteção ao crédito

O SPC

Com certeza o mais conhecido deles é o SPC Brasil, que nada mais é do que um sistema de informações viabilizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL. O SPC é atualmente o mais completo banco de dados da América Latina. Esse título se deve à quantidade de informações sobre crédito de pessoas físicas e jurídicas. O objetivo é contribuir para que as empresas tenham mais informações sobre o cliente na hora de conceder crédito em todo o território nacional.

Na instituição, estão reunidas informações de diversos segmentos como o comércio nacional em diferentes portes, entre eles, pequenos comerciantes até grandes indústrias, lojas e mercado financeiro. A instituição afirma que mais de um milhão de empresas estão associadas e usufruindo dos serviços do SPC.

A instituição atua há mais de 55 anos com proteção ao crédito.

Serasa

Não é só a pessoa física que pode sofrer com a consulta ao CPF, as empresas também tem um órgão para consultar a sua inadimplência, porém não fazendo uma consulta ao CPF (pessoas físicas), mas sim o CNPJ (pessoas jurídicas). Esse órgão é a Serasa Experian.

Segundo informações da própria instituição, seu sistema realiza mais de seis milhões de consultas diárias, todas atendendo a demanda de cerca de 500 mil clientes diretos e indiretos.

Além disso, a instituição também divulga diversas pesquisas representativas sobre inadimplência e outras questões relevantes para que possamos entender melhor a situação do Brasil e do Brasileiro.

Com todas essas informações é possível tentar se planejar e ver onde estão as nossas maiores dificuldades no que diz respeitos a dividas e movimentações financeiras feitas por meio de relações comerciais de crédito.

O que a restrição ao nome causa?

Caso você esteja na lista de pessoas que tremem ao ouvir o termo “consulta ao SPC”, saiba que o seu temor faz sentido.
As pessoas cadastradas em órgãos de proteção ao crédito geralmente não conseguem ter acesso às linhas de crédito mais utilizadas pelos brasileiros, exceto crédito consignado. Portanto, na hora de consumir será sempre preciso contar com o valor total do investimento que fará em alguma compra, pois dificilmente conseguirá um parcelamento.

Muitas pessoas se referem de maneira muito negativa à questão do constrangimento ao ter um crédito negado, por isso a dica é que, caso você tenha dúvida sobre a situação do seu cadastro de pessoa física, você vá até a associação comercial da sua cidade antes de ir às compras. Assim, você pode pedir uma consulta ao CPF prévio, tendo assim as informações sobre alguma possível restrição.

Caso não conste nenhuma dívida em seu nome, basta ir até a loja ou instituição financeira a quem você deseja solicitar algum crédito e se informar sobre a documentação necessária. Porém, se alguma restrição estiver presente durante a consulta ao CPF, você precisará adiar um pouco o seu plano e negociar com a empresa que você deve. Assim, ao pagar a primeira parcela de um acordo ou o valor integral da dívida, o seu nome estará limpo e você poderá voltar a consumir da maneira que achar melhor.

GD Star Rating
loading...
Consulta CPF, Nota: 4.5 de 5 com 11 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados