Como transferir o carro para outra cidade

links patrocinados

Como transferir o carro para outra cidade

Comprar um carro usado pode trazer muitas vantagens. Às vezes, dependendo do orçamento, esta é a única possibilidade para uma família conseguir adquirir seu carro próprio. Contudo, a compra de um veículo usado também requer cuidados redobrados. Além da atenção que deve ser dada ao próprio veículo, para evitar qualquer dor de cabeça, também é importante cuidar da transferência da documentação.

Não é raro que os compradores de carros usados sejam surpreendido com multas e notificações que não são suas. Também há aqueles que, após a compra, perdem o contato com o antigo proprietário e não têm como regularizar seu veículo. Para evitar problemas, confira detalhadamente como transferir o carro de maneira simples, seja para uma mesma cidade ou para outra.

Prazos para transferir o carro

Como transferir o carro para outra cidade Confira Como transferir o carro para outra cidade

Antes de qualquer coisa, fique muito atento aos prazos. A transferência do carro deve ser realizada em, no máximo, trinta dias após a data presente no recibo. A transferência deve ser realizada pelo próprio comprador, ou através de procuração, que deve ter firma reconhecida em cartório. Contudo, em caso de parentes, como filhos, irmãos, cônjuges, pais e avós, a procuração é dispensável.

A transferência deve ser realizada em um banco autorizado. Contudo, não há qualquer necessidade em ser correntista da agência, portanto, é fácil encontrar uma agência disponível. Este procedimento é necessário porque o sistema bancário integrado pode oferecer informações sobre a situação do IPVA, de multas pendentes, seguro e outros possíveis débitos deixados pelo antigo dono. Caso os débitos existam, o próprio banco se encarregará de receber os valores, além de receber a taxa referente à transferência. O valor fixado, neste caso, é de R$193,70. Caso já haja o licenciamento para o ano, a taxa cai para R$134,37.

Conheça Como transferir o carro para outra cidade

Entrada de documentação para transferência do carro

Se você está na capital paulista, é possível utilizar os serviços do Poupatempo para dar entrada na documentação. Em outros casos, será necessário se dirigir ao Detran mais próximo. O órgão oferece, de maneira gratuita, a pesquisa para baixa no setor de prontuário. É importante fazer esta pesquisa antes de realizar o protocolo de documentação.

Caso o vendedor tenha firma reconhecida em um estado diferente daquele do novo dono do automóvel, será necessário fazer o reconhecimento de firma do tabelião em qualquer cartório próximo.

Saiba Como transferir o carro para outra cidade

Documentos necessários

Os documentos necessários para a transferência de carro são os seguintes: CNH ou RG e CPF (pessoas físicas) ou CNPJ (pessoas jurídicas). Caso o veículo fosse de uma pessoa jurídica, também será necessária uma cópia do contrato social.

Também serão necessárias cópias de comprovante de residência, CRV, decalques do chassi e do motor e documento original de comprovação bancária, demonstrando débitos quitados.

Transferir o carro para outra cidade

Importante

É importante ressaltar que não existe um cálculo para o valor da transferência, pois esta quantia é preestabelecida. Os valores, como mencionado acima, são de R$134,37 para veículos que já tenham sido licenciados no ano, ou R$193,70 nos demais casos. Se você tem qualquer dúvida sobre como transferir o carro para seu nome, consulte o Detran mais próximo.

Pesquisar
Artigos Relacionados