Como Substituir o Sal na Alimentação

links patrocinados

Como Substituir o Sal na Alimentação

O sal tem um papel histórico muito importante para a história da civilização humana, este, foi a primeira forma de conservação de alimentos, utilizada a cerca de mil anos atrás nas regiões do Egito e da China, esta característica de conservação é gerada a partir da capacidade osmótica deste condimento, que “desidrata” os alimentos, evitando, portanto, a proliferação de bactérias.

O principal malefício da utilização excessiva do sal na alimentação é o aumento expressivo da pressão arterial, desta forma, este condimento, que antes servia para a preservação dos alimentos se tornou um grande vilão a partir do século XX pelo seu uso excessivo.

Algumas alternativas para substituir o sal na alimentação são:

Como Substituir o Sal na Alimentação Saiba Como Substituir o Sal na Alimentação

– Shoyo: este molho oriental é contém grande capacidade de salgar os alimentos, entretanto, não se pode atribuir o título de saudável a este molho, visto que a concentração de sódio neste é relevante e prejudicial, porém, é mais saudável fazer o uso deste, do que de grandes quantidades de sal.

– Orégano: o temperinho recorrente em pizzas deixa o alimento com uma sensação de salgado, procure atribuir este condimento as suas receitas, juntamente ao alho, cebola e demais temperos, prove o sal apenas depois de misturar todos estes.

Confira Como Substituir o Sal na Alimentação

Por que o Sal em Excesso Faz Mal?

A retenção de líquido ocasionada pela capacidade osmótica do sal faz com que haja retenção de líquido, sendo este, absorvido pelo intestino e jogado diretamente na corrente sanguínea, aumentando a quantidade de fluxo sanguíneo passado pelo corpo, resultando também, na crescente da pressão.

Entretanto, reduzir apenas a quantidade do pozinho branco despejado nas mais distintas receitas não é o único agravante, existe uma série de alimentos que contém uma quantidade alarmante de sódio, são os principais destes: Macarrão instantâneo com tempero (cerca de 2730 mg de sódio por 85 g de alimento), frango empanado (aproximadamente 800 mg de sódio em 130 g), hamburger com carne de boi (mais de 550 mg de sódio em cerca de 80 g), salsinha feita com carne de porco (aproximadamente 540 mg de sódio em 50 g), salgadinhos de milho (aproximadamente 176 mg de sódio em 25 g de produto), biscoito de polvilho (mais de 270 mg de sódio em aproximadamente 25 g) e requeijão (cerca de 160 mg de sódio em 30 g).

Como Substituir o Sal na Alimentação - saiba mais

O Sal Durante a Dieta

Por decorrência da retensão de líquido ocasionada pela ingestão de sal, este tem a característica de acarretar no inchaço das pessoas, faça um simples teste, fique por quatro dias comendo apenas comidas sem sal e analise os inchaços do seu corpo, principalmente na região da barriga, você notará como esta irá diminuir, facilitando, desta forma, a perda de gordura, acarretando, na perda de peso.

Conheça Como Substituir o Sal na Alimentação

Benefícios de uma Alimentação Balanceada

Comer é, certamente, um dos poucos prazeres da vida, desta forma, abandonar as delícias da culinária é algo muito dificultoso, entretanto, é preciso criar uma consciência referente as patologias associadas a má alimentação, certamente, não é necessário abandonar tudo o que gostamos, porém, se privar durante a semana e extravasar apenas no final de semana é um ótimo início.

Pesquisar
Artigos Relacionados