Como fazer uma notificação extrajudicial

links patrocinados

Como fazer uma notificação extrajudicial

Notificações extrajudiciais são documentos que servem para comprovar fatos e atos referente a algumas ações realizadas, de forma generalizada e resumida, uma notificação extrajudicial é a prova física e legal de um documento foi entregue a determinada pessoa, este tipo de documentação é muito utilizada por advogados e profissionais do meio jurídico, pois, é a forma a qual, estes conseguem dar andamento a processos judiciais, como a entrada em recursos ou as tentativas de conciliações.
Para que uma notificação extrajudicial seja entregue, é necessário que esta seja legitimada em um cartório, para que este analise o conteúdo e as “cláusulas” da notificação em questão, visto que, esta deve: propor acordos, responsabilizar, constituir, provas, fixar prazos e chamar à autoria, não podendo, haver excessos de informações ou obrigatoriedades em cima de uma ação extrajudicial.

Confira mais

Como fazer uma notificação extrajudicial Notificação extrajudicial

Para fazer uma notificação extrajudicial é necessário a apresentação de algumas informações como: valores, endereços, nomes completos de ambas as partes, cidade, estado, país, números do processo (caso haja um), RG, CPF e assinatura. Caso você ainda não seja experiente na área, você poderá buscar em fóruns de Direito exemplos de notificações extrajudiciais, estas seguem certos padrões e podem, tranquilamente serem copiadas.

Saiba Como fazer uma notificação extrajudicial

Por que fazer uma Notificação Extrajudicial

O principal motivo da elaboração e envio de uma notificação extrajudicial é a garantia de que a outra parte recebeu em mãos a notificação de que é preciso comparecer no horário “x” e na data “x”, nas reuniões marcadas. Ou então, é a informação de que esta parte esta ciente de que você (advogado) entrou como pedido sobre algum fato ou processo.
Desta forma, se você é advogado, procure sempre notificar as partes dos processos e demais ocorrências jurídicas através de notificações extrajudiciais, pois esta é uma das únicas formas de garantir 100% de legalidade junto ao Legislativo de que você avisou as duas partes do processo.

Confira Como fazer uma notificação extrajudicial

Partes Envolvidas

Não é preciso que juízes ou outras entidades legislativas sejam notificadas sobre o envio de notificações extrajudiciais, o advogado deve somente passar em um cartório para legitimar a notificação extrajudicial, este corte de burocracia é muito válido por dois motivos, o primeiro é a agilidade de processos, se a justiça brasileira já demanda de mais profissionais para suprir o número de processos, imagine se todas as notificações tivessem que passar por um juiz ou desembargador, o acúmulo de serviços seria ainda maior e também, tiraria toda a liberdade do advogado de emitir as notificações para a sua segurança.

Como fazer uma notificação extrajudicial - saiba mais

Validação Processual

As notificações extrajudiciais são válidas como partes de provas em qualquer processo legislativo, pois, em diversos casos, alguma das partes de um processo ou conciliação afirma não ter recebido a notificação, neste caso há um atrasado muito grande em todo o processo e o advogado é repreendido, entretanto nos casos em que a notificação é enviada, o advogado pode solicitar, junto ao cartório em que a notificação extrajudicial foi autorizada uma segunda via, provando a sua inocência e a negligencia de uma das partes.

Pesquisar
Artigos Relacionados