Como Evitar Dívidas

links patrocinados

Como Evitar Dívidas

Começo do ano, férias, material escolar, IPTU, IPVA, entre outras dívidas contraídas no início do ano, fazem com que o orçamento familiar fique bastante apertado nessa época do ano. Porém, se você tiver planejamento financeiro, é possível não contrair dívidas a ponto de se endividar logo no começo do ano. A principal dica para não contrair dívidas é poupar dinheiro ao longo do ano para que, nesta época em que o orçamento se encontra mais apertado, você terá poupado dinheiro suficiente para quitar estas dívidas involuntárias e não ficar apurado logo nos primeiros meses.

Confira mais

Como Evitar Dívidas Confira Como Evitar Dívidas

Porém, a principal questão é: como poupar dinheiro ao longo do ano? Visto que não temos uma despesa em vista a ser quitada, guardar dinheiro durante todo um ano para usar apenas no começo do próximo ano requer muita força de vontade, principalmente no caso de você estar precisando de algum bem material, pois certamente, se você estiver precisando, por exemplo, de um novo computador que custa 5 mil reais, assim que você conseguir este dinheiro, guardar para quitar as dívidas de início do ano é muito difícil, praticamente impossível.

Desta forma, é necessário ter um planejamento financeiro que deve ser desenvolvido durante todo o ano.

Saiba Como Evitar Dívidas

Como Criar um Planejamento Financeiro

O primeiro passo para ciar um planejamento financeiro é reatar todas as suas dívidas, faça uma planilha com tudo o que você precisa pagar como: conta de água, conta de luz, conta de telefone, mensalidade de escola, mensalidade de outros cursos, prestações e analise quanto sobra após todos estes pagamentos. Este valor que sobrar, procure guardar 10% e não contrair mais nenhuma dívida, desta forma, assim que você for pagando as suas contas, o valor de dinheiro guardado será maior, quando você se der conta, está guardando um dinheiro significante.

Dicas de Como Evitar Dívidas

Não Gaste!

Procure não gastar nada deste dinheiro guardado, é claro, caso ocorra um imprevisto, você deve fazer uso deste dinheiro, até porquê, uma das maiores razões de guardar o dinheiro é para que este seja utilizado nestes casos, porém, digamos que você gaste um valor a mais em um mês por conta de aniversários, viagens, entre outros fatores externos, procure não pegar o dinheiro guardado, peça emprestado para alguém próximo ou então, vá dando um jeito, pois desta forma, você terá que devolver o dinheiro para a pessoa a qual você pediu o dinheiro emprestado, caso você retire das duas economias provavelmente, você não devolverá este dinheiro. Desta forma, não gaste, poupe!

Como Evitar Dívidas - saiba mais

Guardando com Cautela

Procure não espalhar para várias pessoas que tem uma boa poupança guardada, pois, caso estas pessoas venham a passar um aperto financeiros elas recorrerão a você, é claro, se for alguém da família, um amigo próximo ou uma pessoa que você realmente quer ajudar, você deve dispor do seu dinheiro guardado, pois, ajudar ao próximo é uma ação cidadã e você se livra de emprestar dinheiro para pessoas que você sabe que não irão te devolver, evitando assim, maiores constrangimentos.

Pesquisar
Artigos Relacionados