Como é feito o bronzeamento artificial

links patrocinados

Como é feito o bronzeamento artificial

Desde os primórdios da civilização os seres humanos buscam a beleza exterior à qualquer custo. E, por mais incrível que pareça, essa não é uma exclusividade das mulheres: cada vez mais os homens se preocupam com sua aparência e se utilizam dos mais variados métodos de beleza que antes eram exclusivos das mulheres.

Com o bronzeamento artificial não é diferente. Este procedimento consiste em se utilizar de métodos alternativos – que não seja a luz do Sol – para deixar a pele morena e bronzeada. Esses métodos agem alterando as características superficiais da pele humana e estimula a produção de melanina, o pigmento que dá a cor mais escura a pele, existente em abundância nas pessoas de pele negra.

Diversas formas para fazer o bronzeamento artificial

Como é feito o bronzeamento artificial Bronzeamento artificial

Há diversas maneiras de ter o bronzeamento artificial feito . Desde o uso de ’medicamentos’ com ingestão oral, até as polêmicas câmaras de bronzeamento, são várias as clínicas que fazem o procedimento.

Muitos elementos e substâncias químicas também são utilizados para que o bronzeamento artificial seja feito. Os principais deles são a cantaxantina, a tirosina e a dihidroxiacetona. Explicar suas fórmulas químicas é desnecessário, mas todas elas possuem algo em comum: estimulam a produção de melanina pelo organismo.

Vale lembrar que a nossa pele se ‘purifica’, em média, de 30 em 30 dias. Portanto, o efeito irá passar com o tempo, à medida que as células mortas vão sendo substituídas pelas novas. Por isso, os especialistas indicam que o tempo entre a aplicação dos produtos seja de três dias

Confira Como é feito o bronzeamento artificial

Como é feito o bronzeamento artificial

Independente do método – com exceção da câmara de bronzeamento – o procedimento para o bronzeamento artificial é feito tendo como base a produção de melanina pelo organismo. Para isso são usadas loções, cremes, pomadas e outros produtos de aplicação direta na pele.

No caso das câmaras de bronzeamento artificial, o processo acontece com a exposição da pele à luz de lâmpadas especiais, que emitem raios ultravioletas A e B. Na realidade é a radiação UVA que faz o bronzeamento artificial propriamente dito. A radiação UVB é prejudicial a pele e pode ocasionar, entre outras doenças, câncer de pele e até a morte.

Conheça Como é feito o bronzeamento artificial

Polêmicas e a possibilidade de contrair câncer

As câmaras de bronzeamento artificial geram polêmicas há muitos anos. A técnica foi usada por um bom tempo até ser proibido o uso das câmaras para fins estéticos no Brasil. Muitas clínicas ainda utilizam-nas para fazer o procedimento. Por isso, fique de olho e denuncie, pois sua saúde pode estar em risco.

Cuidados com o bronzeamento artificial

Saiba mais

De qualquer forma, procure evitar os métodos de bronzeamento artificial. Tomar um bom banho de Sol, além de trazer o bronze à sua pele, ajuda o organismo na sintetização de vitamina D, ótima para os ossos do corpo. Não prejudique e não arrisque sua saúde. Afinal, o mais importante é estar saudável e livre de doenças, ainda mais o câncer, tão perigoso atualmente!

Pesquisar
Artigos Relacionados