Clube de Investimento

links patrocinados

Clube de investimento

Clube de Investimento

Uma das maiores barreiras que existem para quem se interessa pelo mercado de ações é justamente a falta de conhecimento sobre as particularidades do mercado. A insegurança faz com que a pessoa não invista e, assim, perde muitas oportunidades de acumular capital. Os clubes de investimentos existem para apaziguar este problema. Basicamente, consistem em grupos de investidores orientados por um gestor, que fica encarregado do processo de decisões. Assim, os investidores seguem por um caminho mais seguro e sob a orientação de alguém mais experiente no mercado de ações. Existem diversos programas de criação de clubes de investimentos, então até um grupo de amigos pode se tornar um clube de investimentos em potencial.

Há registros de clubes de investimentos desde o início do século 19, quando o conceito de ações ainda era novo e emergente. Vieram para suprir a demanda de alguém para guiar grupos de investidores e orientá-los. Hoje, os clubes de investimentos são mais sofisticados. Têm porte de verdadeiras empresas e uma gama de troca de informações bem vasta. Ao mesmo tempo, permanece simples em sua essência: prioriza a orientação e a troca de conhecimentos a respeito do mercado por seus membros e pelo gestor. Alguns clubes de investimentos possuem mais de um gestor, cada um especializado em uma área específica do mercado de ações.

No Brasil

Clube de Investidores

De acordo com uma estimativa feita pela Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), existem cerca de 1,2 mil clubes de investimentos no Brasil. Estes somam um patrimônio de cerca de R$ 5 bilhões. No Brasil, é a Bovespa que controla e fiscaliza as atividades dos clubes de investimentos.

Também é a bolsa de valores que determina limites mínimos e máximos para as atividades do grupo. Uma regra específica diz respeito ao gestor: ele não pode ser remunerado e deve ser cotista do clube.

Criação de clubes

Clube de Investimento 2013

Muitas empresas e inclusive a própria Bovespa possuem programas de incentivo à criação de clubes de investimentos. O público alvo não são os investidores usuais, pois estes já possuem os conhecimentos necessários para investir sem orientação. Estes programas miram o cidadão médio, que trabalha e sustenta uma família. Para ele, o conceito de investimento em bolsa de valores é muito abstrato, algo “de outro mundo”. O foco dos programas de criação de clubes de investimentos é o seguinte: instigar o indivíduo a organizar um grupo de amigos para investirem juntos. Os programas também servem para desmitificar muitos dos conceitos associados à compra de ações e investimento na bolsa de valores.

Cuidados

Investimentos

Clubes de investimentos têm como objetivo servir como formas de seguir pelo caminho dos investimentos na bolsa de valores de forma que se tenha pleno conhecimento do que está sendo feito, mas ainda assim envolve operações de risco.

Cada clube é diferente, e você só deve ingressar em um clube de investimentos que tenha tudo a ver com os seus objetivos acerca do mercado de ações. Assim, você evita riscos maiores do que gostaria de correr.

Objetivos dos Investimentos Fundos de Investimentos

Pesquisar
Artigos Relacionados