Atlântida RS

links patrocinados

Atlântida RS

Atlântida RS

Sobre a Atlântida RS

Se você conhece o Rio Grande do Sul, já ouviu falar em Atlântida. No estado gaúcho, existe a Rádio Atlântida, o Planeta Atlântida (evento que acontece todos os anos em que vários artistas fazem shows a uma plateia imensa) e a praia de Atlântida, um local de relaxamento e perfeito para passar os dias de folga.

A praia de Atlântida fica localizada no município gaúcho de Xangri-lá, que faz parte da região metropolitana de Porto Alegre. Criado apenas em 1992, a cidade foi desmembrada d e Capão da Canoa e a praia de Atlântida acabou ficando no território recém-criado.

Em Xangri-lá moram pouco mais de 12 mil pessoas, segundo os dados de 2010 do IBGE. A expectativa de vida é de mais de 74 anos, o Produto Interno Bruto é de aproximadamente R$70 mil, sendo que o índice per capita é de cerca de R$7.500,00.

Atlântida

Atlântida é um dos balneários que compõem Xangri-lá. Para chegar à praia é preciso pegar a RS-389 (mais conhecida como Estrada do Mar) ou a BR-101, entrando na RS-407 em Morro Alto. Em distância, a praia fica apenas a 130 km de Porto Alegre, capital gaúcha.

O público que visita Atlântida é de alto poder aquisitivo e surfistas, devido às boas ondas do mar. Na praia, existem vários restaurantes, bares, danceterias e outros locais de esporte e lazer, tendo ótima infraestrutura. Para os turistas, Atlântida também oferece pousadas, campings e hotéis.

A praia agora também ficará mais conhecida porque a primeira etapa do Super Surf 2011 não será em Ubatuba, como era o comum, mas acontecerá em Atlântida, entre os dias 3 e 8 de maio de 2011.

Além disso, buscando na internet, é possível encontrar o boletim das ondas de Atlântida, saber sobre eventos e esportes que acontecerão no balneário e outras notícias.

Atlântida Cidade Perdida

Atlântida Cidade Perdida

Sobre a Atlântida Cidade Perdida

Por mais que a ciência avance em diversos descobrimentos, sempre existirão as grandes dúvidas que ela não é capaz de sanar sozinha. Se existe vida após a morte, se há vida em outros sistemas além do nosso, e se são reais os mitos e lendas repassados de geração a geração. Um desses mitos gira em torno da cidade perdida, Atlântida.

A lenda de Atlântida – a Cidade Perdida

A primeira referência da qual se tem conhecimento sobre essa cidade misteriosa é com relação às anotações do filósofo Platão. O pensador escreveu dois diálogos, nos quais ele cita a trajetória de outros companheiros da época que teriam passado por essa cidade. Segundo ele, Atlântida era a cidade do povo Atlantis e que ficava em uma ilha.

Ainda na versão de Platão, Atlantis teria ficado como posse do reino de Poseidon, que era o Deus dos mares. Como Poseidon se apaixonou por uma moradora da cidade, ele ergueu barreiras para viver somente com ela e tiveram cinco pares de gêmeos. Para ser justo com todos, cada filho tinha a sua área dentro da cidade de Atlântida.

A busca pela comprovação de Atlântida – Cidade Perdida

Platão justificava o desaparecimento de Atlântida como uma conseqüência de um desastre natural. A partir dessa informação, os céticos a identificam como uma possível interpretação da Bíblia em referência ao dilúvio. Além dessa opção, diversas outras surgiram como tentativas de explicar a origem do mito, como a Teoria do Antigo Continente, a Teoria de Tântalis, a Teoria de Antártida e a Teoria Extra-Terrestre.

Independente de qual teoria seja mais certa ou mais absurda, todas concordam que existe um rastro a ser seguido para descobrir até que ponto vai a veracidade da história. Tentativas de descobrir a localização geográfica e restos históricos da suposta civilização também são métodos para comprovar a existência da cidade perdida.

Pesquisar
Artigos Relacionados