Ar Condicionado

links patrocinados

Ar Condicionado

A estação do ano ainda é a primavera, mas em um país tropical, de grandes proporções, como o Brasil, o Ar condicionado é um equipamento essencial a vida de muitas pessoas.

Em locais onde o clima é quente, normalmente em determinados locais da região sudeste, centro oeste, norte e nordeste do Brasil, o Ar condicionado pode ser considerado mais que um artigo de luxo, mas de utilidade e necessidade. Locais onde as temperaturas são muito elevadas, fazem com que o uso dos aparelhos de ar condicionado seja um ato constante.

Lojas, escritórios, hotéis, motéis, todas as áreas comerciais e boa parte das industriais possuem o aparelho, nesses locais onde o clima é mais quente. Pois estes aparelhos garantem condições ambientais mínimas, adequadas, a execução de tarefas cotidianas de trabalho e em domicilio.

O que faz

Os aparelhos de Ar condicionado cumprem algumas funções básicas, ou pelo menos, deve cumprir, para ser considerado como um aparelho de ar condicionado.

O aparelho no modo Verão deve oferecer Arrefecimento do ar, que é proporcionar um clima mais ameno; a Desumidificação do ar, que é deixar o ar menos úmido e mais aprazível; Uma ventilação também adequada com ventos frios. Estas funções básicas para modo verão do ar condicionado.

Em funcionamento em modo inverno o aparelho deve poder promover a Umidificação do ar. E funcionando nos dois modos, tanto o modo Verão, quanto o modo Inverno, o aparelho básico promove mais 3 operações. O Ar Condicionado em modo Verão e Inverno deve possuir a função de ventilação, a função de Filtragem, que é retirar impurezas da atmosfera antes de o ar chegar até as pessoas e a Circulação, que é a troca constante de ar ambiente por um ar novo, evitando o acumulo de impurezas.

Como funciona

O Ar condicionado funciona pelo feito entrópico, que é retirar de um meio e levar a outro, com um fim que encerra-se em si próprio. Os equipamentos de Ar condicionado por muito tempo foram equipamentos que apresentavam alto índice de consumo de energia. Hoje em dia a eficiência dos mesmos é uma constante, devendo o aparelho primar pelo menor impacto ambiental possível e oferecer a melhoria da qualidade de ar.

Ar Condicionado Portátil

Ar Condicionado Portátil

Sobre o Ar Condicionado Portátil

As regiões que contam com temperaturas muito extremas por vezes acabam sofrendo certas situações que prejudicam a saúde dos seus habitantes. Por não estarmos preparados ou condicionados para enfrentar temperaturas muito elevadas ou muito baixas, a tecnologia entrou em campo para construir equipamentos que facilitem lidar com essas variações indesejadas.

Necessidade da tecnologia

A primeira invenção que possibilitou se refrescar em períodos de temperaturas elevadas foi o ventilador. Com o auxílio da produção de gelo, o homem tentou controlar as temperaturas com esses elementos que funcionavam, mas por tempo limitado ou de maneira não tão eficaz. Contudo, em 1902 surgiu a primeira ideia para tornar real o ar condicionado.

Como é de conhecimento geral nos dias de hoje, o ar condicionado só funciona da maneira para a qual foi projetado em ambientes fechados. Quando ele é ligado em uma sala com portas e salas abertas, o ar resfriado que é produzido não fica concentrado dentro daquela região e o efeito é praticamente nulo.

Por isso, mesmo hoje é impossível manter as temperaturas dentro dos números que mais nos agradam. De qualquer maneira, para poder ter a facilidade de ligar um ar condicionado em qualquer cômodo de uma cada, por exemplo, o ar condicionado portátil foi produzido para garantir essa vantagem.

Marcas de Ar Condicionado Portátil

As principais marcas de hoje que produzem modelos de aparelhos de ar condicionado portátil são: Gree, LG, Komeco, Ariagel, Bosch, Delonghi e Springer. Porém, para garantir a característica da portabilidade alguns mecanismos acabam encarecendo o valor final do produto. Outro fator que acaba criando uma rejeição pelo produto é que ele exige influência constante dos usuários.

Um exemplo é que alguns modelos tem um tanque interno no qual uma certa quantia de água precisa ser inserida para permitir o resfriamento do ar. Por isso, a cada tempo definido de horas o usuários precisar colocar uma nova quantia de água para permitir a continuidade do serviço.

Além disso, esse aparelho normalmente tem um consumo elevado de energia elétrica. Ao mesmo tempo, a potência dos motores nos modelos portáteis não é tão eficaz quanto a dos estáveis. Por isso, alguns usuários consideram que a relação entre o custo e o benefício pode não ser tão vantajosa para o usuário.

Pesquisar
Artigos Relacionados