Aloe Vera

links patrocinados

Aloe Vera

Aloe Vera

A Aloe Vera é uma planta conhecida no Brasil por Babosa. Ela é mundialmente conhecida por possuir propriedades medicinais calmantes e de hidratação. Porém recentemente sua comercialização em produtos foi proibida. Desde 14 de novembro de 2011 a ANVISA ordenou que todos os sucos e outros alimentos que contenham Aloe Vera sejam retirados do mercado e sua venda foi proibida.

A Babosa

A planta Aloe Vera, ou Babosa, é uma espécie do gênero Aloe. A Planta é nativa da África e possui mais de 200 espécies. De todas elas são apenas 4 que podem ser utilizadas por seres humanos, o que se utiliza muito é o gel da folha da babosa. A planta é uma espécie de Cacto de cor verde. Acredita-se que ela é um poderoso regenerador e antioxidantes natural.

A planta possui algumas propriedades que foram reconhecidas como ser antibacteriana, cicatrizante, possuir uma grande capacidade de reidratação do tecido capilar, hidratação da pele em caso de queimaduras e diversos outros fins medicinais e terapêuticos.

Utilização da Aloe Vera

Em todo o mundo a Aloe Vera é utilizada em diversos produtos que vão além do uso cosmético, mas também uso terapêutico, medicinal e para consumo através da ingestão de produtos que contem Aloe Vera em sua fórmula. No Brasil a proibição dos produtos a serem ingeridos se deu por conta da lei de segurança alimentar.

Estes produtos que possuem Aloe Vera em sua formulação só poderão ser comercializados quando comprovadas cientificamente todas as propriedades as quais se alega possuir. Uma das propriedades que os sucos e produtos de Aloe Vera afirmam possuir é a utilização para emagrecimento.

A Planta passará por registro na Anvisa por ser encaixada em uma categoria de Novos Alimentos. Por enquanto ela será regulamentada apenas com função de aditivo para aromatizante de alimentos e de bebidas.

A Aloe Vera também era utilizada em produtos com função antinflamatória, coagulante, queratolitico, antibiótico, regenerador celular e energético nutritivo. Ate que a Anvisa regulamente a utilização no Brasil, apenas produtos importados poderá ser encontrados com Aloe Vera em sua formulação. Isto apenas paracondições de utilização em alimentos, como cosméticos o uso ainda esta liberado.

Plantas Medicinais

Plantas Medicinais

Desde os primórdios as plantas sempre são associadas à vida das pessoas, seja nos temperos, nas saladas, como chás ou mesmo na fabricação de remédios. O que todos sabem é que cada planta possui uma propriedade, uma substancia que pode ser nociva ou obter poder de cura. As plantas medicinais são plantas com poder de curar ou de manter o organismo livre de doenças, infecções e inflamações.

Quem nunca ouviu dizer que o quebra-pedras é bom para o rim? Que a hortelã acalma? Enfim, inúmeras pessoas sabem dos poderes de algumas plantas e até as usam para fazer chás, infusões e mesmo através da própria folha em cima de ferimentos ou picadas de animais peçonhentos.

Uso correto das plantas

Antes mesmo de serem reconhecidas, plantas já eram utilizadas em machucados, lesões, febres e etc. A partir de pesquisas, elas passaram a ter comprovação cientifica e começaram a ser utilizadas nos medicamentos de farmácias penicilina, aloe e vera, cânfora, etc.

Passaram a ter valor medicinal e o respeito dos que não acreditam no poder das plantas e ervas, hoje são usadas para tratamentos de câncer, alergias, infecções graves e muitas outras doenças.

O uso correto das Plantas Medicinais

Atualmente não há mais como negar que as plantas possuem propriedades curativas e preventivas das doenças, porém muitas pessoas se utilizam de forma errada destas plantas. O que ocorre é que, quando a planta é encontrada na natureza sem nenhuma modificação, in natura, ela pode conter uma quantidade muito grande do principio ativo curativo e sabe-se que toda quantidade excedente de substancias pode ser danosa ao organismo.

Como utilizar as Plantas medicinais

Na natureza é sabido que existem plantas medicinais e plantas tóxicas, mas o que poucos sabem é que toda planta medicinal se utilizada erroneamente também pode se tornar tóxica e até causar a morte dos indivíduos que não saibam se utilizarem delas.

Cultivo das Plantas Medicinais

Algumas plantas medicinais podem ser cultivadas facilmente, basta reservar um espacinho que receba bastante sol no quintal e aí fica por conta da natureza o resto, algumas plantas como o alecrim, hortelã e malva só precisam de um lugar ao sol para germinar. O adubo para fertilizar o solo deve ser natural e devem-se banir animais e solos que possuam contaminações por metais pesados.

Saude com Plantas medicinais

Ao armazenar plantas medicinais é determinante que sejam embaladas a vácuo e em temperatura ambiente, evitando calor e luz excessivos a fim de que não percam as propriedades medicinais. Outro fator de extrema importância é que quando os chás forem preparados se atente a quantidade de água e de erva por litro, porque como foi dito no tópico acima, ervas medicinais em quantidade errada podem se tornar veneno.

Seja para ajudar no bom funcionamento do organismo, ou para curar doenças é necessário sempre o acompanhamento de um médico, que saberá as doses certas e quais ervas poderão ser utilizadas por determinados tipos de pessoas. Porque há algumas ervas com restrições médicas que cardíacos ou pessoas com alergias não poderão consumir, então é extremamente importante que o médico seja consultado antes de administrar qualquer que seja o medicamento.

Plantas que curam Remedios de Plantas medicinais

Pesquisar
Artigos Relacionados