Quem foi Ronald Biggs

links patrocinados

Quem foi Ronald Biggs

Ronald Arthur Biggs, ou simplesmente Ronald Biggs, é muitas vezes mencionado como o maior ladrão do século XX. Nascido na Inglaterra, Biggs teve uma vida conturbada, em constante fuga da polícia britânica. Por mais de 30 anos, Ronald Biggs viveu no Brasil, onde ganhou o status de figura da cultura pop.

Embora tenha tido uma participação secundária no esquema, Biggs foi um dos participantes do episódio que ficou conhecido mundialmente como “assalto ao trem pagador”, ocorrido em 1963.

Biografia

Quem foi Ronald Biggs Quem foi Ronald Biggs - saiba mais

Nascido em 1929, na cidade de Lambeth, Biggs já era um homem casado e com três filhos quando participou do assalto ao trem pagador. Junto com outros 14 homens, Biggs roubou uma quantia de 2,6 milhões de libras. No ano seguinte, ele e quase todos os envolvidos no crime acabaram presos. Biggs foi condenado e transferido para a penitenciária Her Majesty’s Prison. Dois anos após sua prisão, o ladrão conseguiu escapar, fazendo uma escada com cordas.

Ronald Biggs

Fugas

Inicialmente, Ronald Biggs fugiu para a França, onde conseguiu um passaporte frio e fez cirurgias plásticas. Na década de 1970, Ronald Biggs se mudou para a Austrália, onde começou a trabalhar na montagem de cenários para a televisão (por ofício, Ronald Biggs era marceneiro). Mesmo após tanto tempo decorrido do roubo, Biggs acabou sendo reconhecido por um repórter de televisão, fugindo novamente, mas permanecendo na Austrália. Ainda no mesmo ano, o já ilustre ladrão viajou para o Brasil, se estabelecendo no Rio de Janeiro.

Após quatro anos, Ronald Biggs foi reconhecido mais uma vez. O ladrão foi encontrado pela Scotland Yard, mas, devido à inexistência de acordos de extradição entre Brasil e Inglaterra na época, Biggs pôde permanecer por aqui. De qualquer maneira, a atual mulher de britânico, uma brasileira, estava grávida, o que impediria que ele fosse extraditado de qualquer maneira.

Quem foi Ronald Biggs -  confira

Celebridade

Embora não pudesse ser extraditado, Ronald Biggs também não tinha direito de trabalhar no país, por ser foragido. Contudo, o ladrão do trem pagador foi se tornando uma celebridade no país, cobrando, inclusive, por sua companhia em bate-papos e almoços.

Biggs só retornou à Inglaterra em 2001, quando já estava com sua saúde bem debilitada. Assim que entrou no país, o ladrão foi preso, permanecendo na cadeia até 2009. Devido à sua frágil situação, Biggs foi autorizado a deixar a prisão, tendo passado seus últimos anos de vida em Londres.

Confira Quem foi Ronald Biggs

Carreira artística

Em seus anos como celebridade, Biggs chegou a gravar um documentário no Brasil com a banda Sex Pistols, no qual participou de músicas como vocalista. O famoso ladrão também gravou uma narrativa musical de sua história, que foi relançada em 2004. Em 1991, o britânico também participou de uma música da banda Die Toten Hosen, da Alemanha.

Seu filho com uma brasileira, Michael Biggs, ficou conhecido durante a infância por sua participação no grupo Turma do Balão Mágico. O garoto, inclusive, foi a fonte de renda de Ronald Biggs no Brasil até o fim do Balão Mágico, o que deixou a família Biggs novamente sem dinheiro.

Pesquisar
Artigos Relacionados