Portabilidade Numérica – restrições e funcionamento da portabilidade numérica

links patrocinados

Portabilidade Numérica - restrições e funcionamento da portabilidade numérica

Portabilidade Numérica

Sobre a Portabilidade Numérica

A portabilidade numérica é a capacidade de um cliente de telefonia, tanto móvel quanto fixa, de manter o mesmo número de telefone quando troca de endereço, de plano de serviço ou de operadora. Esse serviço está disponível para todas as pessoas mediante o pagamento de uma taxa.

Restrições da Portabilidade Numérica

Aqui no Brasil existem restrições quanto ao uso da portabilidade numérica. Não é possível manter o mesmo número ao passar de telefonia móvel para fixa e vice-versa. Não se pode também manter o número ao mudar de DDD nos telefones móveis.

O pagamento da taxa é efetuado uma única vez ao requerer a portabilidade numérica. O valor é definido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a operadora do telefone é quem define a forma de pagamento.

Funcionamento da Portabilidade Numérica

Na telefonia fixa é possível manter o mesmo número quando o cliente muda de operadora mas mantém o mesmo endereço, ou quando mudam de endereço mas o novo fica dentro da mesma área local de telefonia da sua antiga operadora. Já na telefonia móvel é possível manter o mesmo número se a nova operadora for do mesmo DDD ou quando se muda apenas o plano de serviço.

De acordo com a Anatel, a portabilidade numérica total no país deverá ser implantada até março de 2009. Ao todo, ela será feita em três etapas. A primeira começou no dia 28 de agosto para as seguintes áreas de numeração: Códigos 14 e 17 (São Paulo), 27 (Espírito Santo), 37 (Minas Gerais), 43 (Paraná), 62 (Goiás), 67 (Mato Grosso do Sul) e 86 (Piauí). A segunda etapa, do dia oito de novembro até seis de dezembro, será para: 28 (Espírito Santo), 32, 33 e 38 (Minas Gerais) e 68 (Acre), 44 (Paraná), 49 (Santa Catarina) e 84 (Rio Grande do Norte). Por fim, a última etapa a partir de 10 de janeiro de 2009 será para o restante do País.

aplicativos para celular

Aplicativos para Celular Grátis

Sobre os Aplicativos para Celular

Os aplicativos para celular são programas com as mais diferentes funções, de serviços a diversão. Apesar de terem sido criados muito recentemente, o que não falta é variedade em aplicativos para smartphones e celulares em geral, sendo que alguns têm se destacado e estão sendo cada vez mais usados.

O que há de comum entre os aplicativos de maior sucesso é que eles aproveitam bem os recursos do formato e, assim, cativam seu usuário a ponto de muitos deles não passarem um dia sequer sem usá-los. As plataformas mais comuns são a iOS 4, da Apple, e a Android, do Google.

Em razão disso, os aplicativos constituem um enorme e crescente mercado no setor de comunicação móvel. Neste ano, a previsão é de que o ramo movimente 6,8 bilhões de dólares. Só no Brasil, em 2010, o mercado chegou aos R$50 milhões, valor que tende a crescer conforme aumentam o número de smartphones em circulação.

Dicas de aplicativos Grátis

O Instagram é um programa que permite a usuário do iPhone aplicar efeitos às imagens. Simples e fácil de usar, o aplicativo conta com diversos filtros, como o tom envelhecido, por exemplo. Com esse programa, o usuário consegue tirar a foto, tratá-la e publicá-la nas redes sociais em questão de segundos.

Para imagens, também existe o Google Googgles, que interpreta imagens e faz uma busca através da internet para identificá-la. Com esse recurso, o usuário pode, por exemplo, enquadrar uma flor na câmera do smartphone e descobrir a qual espécie pertence. A tecnologia nem sempre é eficaz, mas está sendo aperfeiçoada.

Os aplicativos de maior sucesso, porém, são os de jornais revistas. Com acesso à internet, as notícias na palma da mão estão sempre atualizadas. São reportagens, notas, artigos, fotos e vídeos, cobrindo diversas editorias. No Brasil, os aplicativos desenvolvidos pelos meios de comunicação são os mais baixados pelos usuários de
dispositivos móveis da Apple.

Pesquisar
Artigos Relacionados