Os efeitos da paixão no corpo humano

links patrocinados

Os efeitos da paixão no corpo humano

Não é só o coração que acelera quando vemos a pessoa amada, existem diversos outros de reações que mudam o nosso organismo quando estamos apaixonados. Confira quais são os efeitos da paixão no corpo humano.

Sintomas que são mais aparentes

Os efeitos da paixão no corpo humano Confira os efeitos da paixão no corpo humano

Além do aumento das batidas do coração, outro dos efeitos da paixão no corpo humano é o aumento da pressão arterial, mãos suadas, dilatação das pupilas, tremores e até mesmo aquela leve ruborizada no rosto. Logo no começo, estra intensamente apaixonado ainda pode causar uma falta de concentração, insônia e até um pouco da perda de apetite.

Tudo isso ocorre porque o cérebro libera descargas de uma substância chamada dopamina no organismo, responsável por dar aquela sensação de bem estar, mas que também causa todos os efeitos da paixão no corpo humano já citados. Pesquisas científicas indicam que o começo de uma grande paixão pode ser até mesmo comparado com o vício a cocaína.

Saiba os efeitos da paixão no corpo humano

Os efeitos da paixão no corpo humano: memória aguçada

Outro dos efeitos da paixão no corpo humano é também uma espécie de memória mais aguçada quando o assunto é o amado. Uma descarga de outra substância, desta vez a feniletilamina, faz com que as pessoas apaixonadas prestem mais atenção em detalhes do outro, lembrando mais sobre qual a roupa ele estava usando, cheiro do parceiro e até mesmo da voz.

Nessa mesma proporção, estudos também indicam que há uma grande diminuição em uma substância chamada serotonina, sendo outro dos efeitos da paixão no corpo humano. Dessa forma, ficamos mais expostos ao estresse, já que a serotonina é responsável por nos dar um efeito calmante, o que também pode explicar o fato de que algumas pessoas agem de forma mais impulsiva quando ama.

Os efeitos da paixão

Como o corpo sabe que um relacionamento está por vir

Se você está apaixonado por alguém, saiba que o seu corpo também já está se preparando para uma possível relação estável. Entre os efeitos da paixão no corpo humano, você já deve ter percebido que o cérebro é o grande responsável por todos esses “sintomas do amor” aqui já citados, e desta vez também não vai ser diferente.

Quando se começa a gostar de alguém, duas espécies de hormônios também são liberados no organismo, a oxitonina e a vasopressina. Ambas são responsáveis por causar outro dos efeitos da paixão no corpo humano, preparar o corpo para criar profundos laços afetivos e, quem sabe, um possível relacionamento mais estável.

Os efeitos da paixão no corpo humano - saiba mais

Os efeitos da paixão no corpo humano: produção de hormônios e duração

Entre os efeitos da paixão no corpo humano, também está a maior produção dos hormônios sexuais, que estão mais intensos principalmente no começo da relação. Pesquisas também mostram que, ao contrário do que imaginamos, são os homens que estão mais propensos a se apaixonarem a primeira vista, sendo que as mulheres tendem a ser mais atenciosas.

Todos esses efeitos possuem um tempo determinado de duração, o que é bastante natural, já que o organismo não aguentaria tanta pressão por mais tempo.

Pesquisar
Artigos Relacionados