Imposto de renda atrasado: saiba como declarar

links patrocinados

Imposto de renda atrasado: como declarar

O que é o imposto de renda

O Imposto de Renda é um imposto com conceito antigo, instituído por vários países no mundo inteiro para diversos objetivos. Desde os primeiros anos da era cristã o imposto de renda é pago pela população e sua alíquota é definida com base nas riquezas das pessoas, sendo que quanto mais a pessoa tem, mais ela irá pagar de imposto.

No Brasil foram várias as tentativas de implantar o Imposto de Renda, porém foi apenas em 1922 que ele foi incluído na pauta de impostos do governo brasileiro. Isso só foi possível graças a uma organização do ministério da fazenda para contabilizar todas as declarações. Com o tempo e o avanço na tecnologia, foi possível agilizar o processo e garantir a segurança de todas as informações.

Como declarar o imposto de renda atrasado

Imposto de renda atrasado Como declarar

Para quem é obrigado a declarar o imposto de renda existe um prazo pré-determinado pelo Ministério da Fazenda. Após este prazo, é possível declarar o imposto de renda atrasado, mas o procedimento muda de acordo com o tempo de atraso e os dados de sua declaração.

Para fazer a declaração atrasada é preciso baixar o software específico que é disponibilizado pela receita federal assim que o prazo é espirado. Em seguida, os dados devem ser preenchidos e uma taxa deve ser paga. O CPF é regularizado imediatamente após a declaração ser feita.

Imposto de renda

Existe multa para declarar imposto de renda atrasado?

Para quem precisa declarar imposto de renda atrasado haverá uma taxa a ser paga. Esta taxa irá depender do tempo de atraso. A taxa é de um por cento ao mês. Se tiver até 20 meses a taxa será de 20% do valor total. Porém, caso o atraso seja menor do que um mês, por exemplo, a taxa é fixa e custa R$165,74.

Para quem deixa atrasar mais do que 20 meses o valor dos juros continua em 20 % sobre o valor a ser declarado. Porém, quanto mais tempo ficar atrasado, mais prejuízos o contribuinte tem, pois seu CPF fica restrito e os juros começam a ser ajustados com base na taxa SELIC, que atualmente é de 11,5% ao mês.

Imposto de renda atrasado

Problemas caso não seja declarado o imposto

Quando a pessoa não declara o imposto de renda, seu CPF fica restrito e não é possível fazer empréstimos, fazer concurso público, não é possível fazer nada que envolva o CPF. Além disso, não é possível abrir firma, ou seja, para quem deseja ser empresário, declarar o imposto de renda é importantíssimo.

Além de todos estes prejuízos, você fica devendo para o Estado e esta é a pior coisa que poderia acontecer, pois dever impostos para o governo traz problemas para toda a vida. Por isso não deixe de declarar se você está entre aqueles que são obrigados a fazer a declaração, mesmo que seja com atraso.

Imposto de renda atrasado: como declarar - saiba mais

Para onde vai o imposto de renda

O dinheiro do imposto de renda é aplicado, segundo o governo, em obras para a população na área da saúde, educação, saneamento, entre outras. Porém, é importante lembrar que o dinheiro neste caso é do governo e ele utiliza da forma que bem entender. É fato que valores de outros impostos acabam sendo utilizados para obras que deveriam ser feitas com o dinheiro do imposto de renda, o que acaba compensando tudo.

Se você deseja saber mais sobre o imposto de renda, acesse o site da Receita Federal. Lá é possível baixar todas as plataformas para declaração de imposto de renda de anos anteriores e saber se você precisa ou não declarar o imposto. Não fique com pendências com o leão, declare seus impostos!

Pesquisar
Artigos Relacionados