Dynacom assistência técnica

links patrocinados

Dynacom assistência técnica

Criada em 1981, a Dynacom era uma marca brasileira que ficou famosa pela produção de cópias de consoles de vídeo games da época (principalmente quando a tecnologia ainda era novidade, como com os modelos Atari 2600, lançado em 83 no Brasil, o Mega Drive, que chegou aqui em 1990, e o mais popular de todos, o Nintendo Super NES, que iniciou as vendas no Brasil no ano de 1993). A empresa também era responsável pela produção e comércio de outros produtos tecnológicos ligados ao mundo dos games, como é o caso de joysticks (controle acessório ao vídeo game) e controles em geral para os modelos lançados pela Dynacom que eram baseados em grandes produtos comercializados mundialmente.

A Dynacom ajudou a popularizar o vídeo game no Brasil, visto que os aparelhos eram mais baratos do que os originais e mesmo assim possuíam os mesmos jogos ou então versões muito semelhantes com qualidade de gráficos inferior. Alguns dos lançamentos que marcaram época incluem: o Dynavision (primeiro console, criado em 1983), o Dactar (lançado no ano seguinte), o Dynavision II (iniciou as vendas em 1989), o Dynavision III (começou a ser vendido em 1991), o Handyvision (lançado em 1993) e o sucesso de vendas Dynavision III Action (lançado no ano de 1994). Os jogos que ficaram famosos através do console foram: Contra, Gradius, Adventure Island, Solomon’s Key, Bomb Jack, Othello, Millipede, Burger Time, Bomberman, Combat, Zippy Race, Bandits, Castlevania, Pac Man, Pinball, Arkanoid e Galaga.

Mais recentemente, especificamente a partir de 2005, a Dynacom também lançou outros produtos, como tocadores de MP3, MP4 e MP5. Nesse caso, os players também utilizavam sistemas criados anteriormente, porém com adaptações de peças mais baratas e um design diferente. Além disso, apesar de utilizar um nome diferente, tentou entrar na indústria e fabricação de aparelhos celulares.

Em 2010, o Dingoo, popular portátil eletrônico chinês, começou a ser produzido no Brasil pela Dynacom. O Dingoo possibilita jogar vários tipos de jogos de acordo com os emuladores instalados (como do Super Nintendo, Mega Drive, Game Boy Advance, Game Boy Color, Atari 2600, Sega Master System, Play Station), é player de vídeo (extensões como AVI, RMVB, FLV, MOV, MP4, WMV e MPEG), áudio (MP3, AC3, WMA, FLAC e WAV), visualizador de imagem (JPEG, BMP, GIF e PNG), leitor de texto (PDF e TXT, com ferramentas como marcador de texto), rádio (AM e FM), além de gravador de voz.

Encerramento da marca e assistência

Em fevereiro de 2011, a Dynacom publicou um release para os clientes e todos os meios de comunicação sobre a revoga da licença que tinha do Dingoo com a companhia criadora, a Shenzhen Dingoo Digital. Isso ocorreu, segundo a Dynacom, por problemas financeiros da empresa, que então passou a afirmar que todos os produtos da marca sendo comercializados em várias lojas ao redor do país (como Casas Bahia, Ponto Frio, entre outras) eram ilegais e deveriam ser retirados de comercialização e circulação.

Com a Dynacom entrando em crise a partir de 2010, não foi surpresa para muitos o anúncio em 2011 de que seus produtos cessariam produção. Entretanto, muitos clientes ficaram preocupados e frustrados, pois agora também não teriam mais direito a garantia ou assistência. Embora não seja a melhor solução, atualmente existem muitas lojas de conserto de eletrônicos que prestam esse serviço – uma dica é acessar o site Quem Conserta, que é um cadastro de assistências técnicas ao redor do Brasil que também é organizado a partir da marca que você está procurando.

Fotos

Confira Fotos da Dynacom assistência técnica:

DynacomDynacom
Videogame DynacomVideogame Dynacom
A Dynacom encerrou suas atividades em 2011A Dynacom encerrou suas atividades em 2011

Pesquisar
Artigos Relacionados