Como funciona o processo de beatificação

links patrocinados

Como funciona o processo de beatificação

A Igreja Católica conta com muitos ritos como os sacramentos aos quais todo fiel passará como, por exemplo, comunhão, casamento e extrema unção. Há também processos para beatificação e canonização de pessoas que fizeram o bem e devem virar santos. Isso não acontece de um dia para o outro, mas sim existe um processo lento e que tem a função de analisar os milagres e tudo aquilo que a pessoa a ser beatificada ou canonizada fez durante a vida.

O que é beatificação?

Como funciona o processo de beatificaçãoComo funciona o processo de beatificação Beatificação

Beatificação nada mais é do que a Igreja Católica atribuir o estatuto de beato e algum de seus fiéis, beatus (do latim) significa abençoado. Para algumas correntes cristãs não existe qualquer diferença entre canonização e beatificação, mas no catolicismo só poderá receber o estatuto de beato aqueles que já morreram e se encontram no Paraíso. Lugar o qual poderão interceder por aqueles que recorrem em oração.

Saiba Como funciona o processo de beatificação

Diferenças entre canonização e beatificação

Na Igreja Católica a diferença mais evidente entre beatificação e canonização é a de que a primeira os fiéis poderão venerar e recorrer ao beato, já no segundo caso esta se estende para bem além disso tornando-se um preceito universal. Muitos acreditam que o processo de beatificação não é uma declaração da igreja que seja infalível, mas sim um pequeno passo até a canonização.

João Paulo II, o Papa da Igreja Católica entre 1978 até 2005 e conta com o terceiro maior pontificado na igreja. Karol Józef Wojtyla beatificou um total de 1340 pessoas e 483 santos foram canonizados durante o seu tempo como Papa da Igreja Católica que teve fim na data de sua morte 02 de abril de 2005, aos 84 anos. Em 2009 o seu sucessor, Papa Bendo XVI proclamou-o Venerável e pouco depois, em 01 de maio de 2011 também pelo Papa Bento XVI foi proclamado Beato.

Confira Como funciona o processo de beatificação

Como funciona o processo de beatificação

As Dioceses têm autorização para dar início ao processo de beatificação e a causa deste deverá possuir um bispo postulador que irá atuar como um avaliador e investigará a vida do candidato a beato. Ao iniciar o processo este candidato receberá o título de Servo de Deus e toda a sua vida será analisada minuciosamente, em primeira instância o candidato é proclamado Venerável. Para tornar-se beato será necessária a comprovação de um milagre por sua intercessão, caso este que é dispensável quando há o martírio.

Processo de beatificação

Confira a lista de santos e beatos

No site do Vaticano encontram-se disponíveis as listas com os nomes, data de nascimento e falecimento, fotografias, biografia e também a data de beatificação de cada fiel assim como quem os beatificou. Confira a seguir alguns dos nomes dos beatos problamados pela Igreja Católica: Albertina Berkenbrock, Luis Boccardo, Estanislao de Jesús y María (Juan Papczynski), Pablo José Nardini, Josefina Nicoli, Josep Tàpies, Carlos Liviero, Pedro Vigne (1670-1740), Celina Chludzinska, María Magdalena de la Encarnación, Ignacio Klopotowski (1866-1931), Manuel Gómez González, Rita Amada de Jesús (1848-1913), Sara Salkaházi (1899-1944), Francisco Spoto, María de los Ángeles Ginard Martí (1894-1936), María Luisa Merkert, Eustaquio von Lieshout (1890-1943), María Rosa Flesch (1826-1906), Basilio Antonio María Moreau.

Pesquisar
Artigos Relacionados