Apagão 2014

Apagão 2014

Muita gente ainda deve se lembrar, em detalhes, da chamada “crise do apagão”, que aconteceu no Brasil entre os anos de 2001 e 2002. Este foi um momento em que o tema racionamento de energia virou uma realidade cotidiana, devido a problemas no fornecimento de energia elétrica em todo o território nacional. No início do problema, havia uma grande possibilidade de que fossem realizados diversos desligamentos programados de energia em determinadas regiões, situação que ganhou o apelido de “apagão”.

Causas do apagão de 2001

Apagão 2014 Apagão 2014 - saiba mais

Apagão de 2001 aconteceu devido a muitos fatores atuando em conjunto. Aquele foi um ano com escassez de chuvas, o que prejudicou a capacidade dos reservatórios. Outro problema foi o pouco planejamento para modernizar a rede de distribuição de energia elétrica em território nacional. Quando os reservatórios das hidrelétricas chegaram a níveis preocupantes, o governo investiu pesado em campanhas de conscientização, para que a energia fosse utilizada de maneira racional – evitando, por exemplo, o consumo nos chamados horários de pico.

A região sul foi a menos afetada no processo, devido ao bom nível de seus reservatórios. Após alguns meses de racionamento, as chuvas finalmente retornaram ao país a partir da segunda semana de dezembro, o que ajudou a recuperar o nível dos reservatórios. Em fevereiro de 2002, o racionamento foi suspenso oficialmente pelo Governo Federal.

Apagão

Outros apagões

Embora não tenham tido relação direta com o apagão de 2001, vários outros apagões aconteceram durante a década, também relacionados a problemas de planejamento na distribuição de energia elétrica. Em 2005, por exemplo, os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo foram afetados por quedas de energia no mês de janeiro. Em 2009, a usina de Itaipu passou por um desligamento completo, o que afetou a distribuição de energia para 18 estados. Em algumas cidades, o fornecimento foi cortado por até seis horas.

Confira Apagão 2014

Possibilidade de apagão em 2014

Embora a distribuição de energia elétrica no Brasil ainda seja deficitária, os governos têm investido pesado na modernização do sistema de transmissão. Isso, entretanto, não afasta completamente a possibilidade de novos apagões no país.

Uma das maiores preocupações do Governo Federal é em relação à Copa do Mundo, período em que o país receberá um número considerável de turistas e, por consequência, terá um aumento considerável no consumo de energia elétrica, principalmente quando se leva em conta a infraestrutura necessária para o evento. Contudo, o Ministério de Minas e Energia tem se mostrado otimista em relação ao fornecimento de energia elétrica durante 2014. Com o avanço tecnológico, tem sido possível até mesmo manter o fornecimento de energia elétrica mesmo quando há queda em determinadas linhas de transmissão.

Apagão 2013

Mais informações

Contudo, é importante ressaltar que os apagões podem surgir de maneira completamente imprevista. O sistema de fornecimento é bastante complexo, e qualquer problema localizado pode afetar toda uma linha de transmissão, apesar do planejamento governamental. Para os consumidores, não há muita alternativa neste sentido, além de utilizar a energia elétrica de maneira racional, independente do risco ou não de apagões.

GD Star Rating
loading...
Apagão 2014, Nota: 5.0 de 5 com 1 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados