Cirque du Soleil

links patrocinados

Cirque du Soleil

Cirque du Soleil

O Circo do Sol, tradução literal do nome original em francês, é uma empresa privada fundada no ano de 1984 e com sede em Montreal, na região de Quebéc, no Canadá. Criado por Alice Canton, considerada uma madame entusiasta das artes performáticas e circenses e fundado por Guy Laliberté, conta com mais de cinco mil funcionários e um lucro de quase um bilhão de reais anualmente (baseado no ano de 2010). Até o momento, já visitou o Brasil com três espetáculos diferentes: Saltimbanco, Alegria e Quidam.

Agora no ano de 2012, apresenta um novo show, chamado Varekai, que deve ser feito nas seguintes capitais: Curitiba, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo, Recife e Rio de Janeiro. A criação do Cirque Du Soleil foi uma resposta a algumas exigências do governo canadense para comemorar os quatrocentos e cinqüenta anos da descoberta do país pelo explorador Jacques Cartier. Pouco tempo depois, Guy Laliberté já era dono único da empresa privada, com cerca de noventa e cinco por cento das ações sob sua responsabilidade (o que, com o sucesso das apresentações, fez com que ele entrasse para a lista dos mais ricos da Forbes).

Todas as temáticas de turnês específicas do Circo são produzidas e organizadas pelos artistas, sendo que há a criação original também das roupas, apresentação ao vivo de músicas, além de coreografia e afins. No início, o Cirque Du Soleil possuía menos de cem pessoas nas suas apresentações, sendo que agora esse número ultrapassa os cinco mil. Está presente em mais de quarenta países, quinze espetáculos sendo apresentados ao mesmo tempo, chegando a um lucro anual de até seiscentos milhões de dólares. Além disso, a empresa já ganhou premiações como Emmy e Bambi, aumentando também a consideração da marca como de renome internacional.

Mais informações

Um dos destaques do Cirque Du Soleil é o fato de não envolver animais, por isso é tão querido pela maioria da população: agrada tanto os ambientalistas, bem como os que nem se consideram ativistas (pois ficam encantados pelo fato do espetáculo apresentar mais a capacidade física e artística humana, focando, portanto, no que é mais importante). Nas cidades de Tóquio (Japão) Macao (China), Nova York, Orlando, Los Angeles e Las Vegas, nos Estados Unidos, existem unidades fixas do Circo com apresentações freqüentes e que atraem muitos turistas anualmente.

Verekai, a produção que chega agora no Brasil estreou em 2002 na produção original, sendo que algumas das mais novas itinerantes que estão em países da Europa e afins incluem: Corteo (de 2005), Kooza (ano de 2007), OVO (2009), Totem (ano de 2010), The Immortal World Tour (de 2011) e as mais novas de 2012 e 2013 respectivamente: Amaluna e Fanfulla.

Outros destaques da história do Circo inclui a própria forma de sobrevivência de Guy Laliberté antes de assumir a responsabilidade e criação da empresa: ele ficou desempregado por um bom período na Europa, onde trabalhava como artista circense nas ruas, com técnicas como a de cospe fogo, entre outras. Quando voltou, contava com a experiência de sempre e uma visão ainda maior sobre a produção artística.

Fotos

Confira Fotos do Cirque du Soleil:

Cirque du SoleilCirque du Soleil
O Cirque du Soleil é o circo mais famoso do mundoO Cirque du Soleil é o circo mais famoso do mundo
Agora no ano de 2012, apresenta um novo show, chamado VarekaiAgora no ano de 2012, apresenta um novo show, chamado Varekai

Pesquisar
Artigos Relacionados