Treinamento Funcional

links patrocinados

Treinamento Funcional

Treinamento Funcional

Um dos maiores problemas entre atletas e praticantes de exercícios físicos são as lesões, que impedem a continuação dos programas de exercícios e a qualidade dos mesmos.

Fortalecer os músculos e as demais estruturas corporais, a fim de buscar maior eficácia nos exercícios, é um dos objetivos do chamado treinamento funcional.

O que é o treinamento funcional

O treinamento funcional não é uma prática recente. Os gregos já se interessavam em técnicas que proporcionariam maior qualidade de vida e perfeição na prática física.

Estudar e aperfeiçoar as habilidades biomotoras a fim de garantir movimentos e rendimento perfeitos é o alvo do treinamento funcional. O treinamento funcional contribui para o emagrecimento, para a flexibilidade do corpo, agindo sob os tendões, ossos e músculos e condicionando melhor o corpo para o aproveitamento de outras práticas e exercícios.

Tipos de Treinamento funcional

O gasto médio em uma hora de aula é 850 calorias – maior do que em quase todas as outras atividades físicas. O programa é preparado em circuitos em que o aluno pratica exercícios aeróbicos, como pular em uma cama elástica, correr, saltar um obstáculo, desviar de objetos; e também pode ser mais lento, utilizando mais a força em aparelhos funcionais, como bola, elásticos, pesos – tendo a consciência de cada movimento. Em geral, é indicado que se faça três sessões por semana, mas este número pode variar de acordo com a condição física de cada pessoa.

Treinamento funcional e musculação

Estudos da Treinamento funcional

Geralmente, o treinamento funcional é dividido em fases e o que melhor caracteriza esta modalidade de exercício é o fato de o treinamento funcional visar o desenvolvimento global, enquanto a musculação, por exemplo, prioriza apenas determinados tipos de músculos de cada vez, utilizando a força gravitacional sobre a sobre a contração dos músculos. O treinamento funcional simula certos movimentos e funções comuns aos movimentos reais. Cada um destes dois tipos de exercícios tem sua importância e podem ser utilizados conjuntamente.

Quem pode praticar o treinamento funcional

Cada programa deve ser avaliado de acordo com alguns fatores, como idade, histórico de treinamento físico, sexo, peso, sedentarismo, problemas estruturais pré-existentes, etc. Todo o planejamento e a aplicação do treinamento funcional devem ser acompanhados por um profissional de educação física ou fisiologista. A consulta médica antes do treinamento funcional é fundamental.

Como funciona Treinamento funcional

É importante ressaltar que esse método não é um dos mais indicados para as pessoas sedentárias, pois ele é bastante intensivo. O ideal é praticar outra modalidade de exercícios por uns meses antes de buscar o treinamento funcional.

Qual a importância do treinamento funcional

Os benefícios do treinamento funcional são muitos: melhora a postura, auxilia a proteger o corpo de lesões significativas, proporciona agilidade e flexibilidade nos movimentos, melhora o desempenho atlético e equilíbrio muscular, melhora as articulações, a eficiência dos movimentos e a coordenação motora, etc.

O treinamento funcional foi criado para dar mais resistência e flexibilidade para atividade do cotidiano, como apanhar um objeto pesado do chão, sem se machucar, ou alcançar um objeto mais longe, sem distender um músculo, por exemplo.

Treinamento funcional e musculacao Treinamento funcional 2013

Pesquisar
Artigos Relacionados