Como montar um Jardim Suspenso

links patrocinados

Como montar um Jardim Suspenso

Como montar um Jardim Suspenso

Você já ouviu falar do jardim suspenso? Uma nova alternativa da arquitetura para os ambientes urbanos principalmente, que geralmente oferecem pouco espaço. Quem deseja ter um jardim em casa, não precisa mais de um amplo quintal, bastam apenas algumas estratégias e você pode ter um jardim no telhado da sua casa! Além de contribuir com o visual da sua casa, deixando a com mais vida, ele também contribui com o meio ambiente.

E não é difícil de monta-los com a junção de alguns poucos elementos, como grama apropriada, pedrinhas, jardineiras e o que mais você encontrar que combine com o seu jardim e pronto, mãos a obra!

Claro que alguns cuidados especiais devem ser tomados na hora de construir um jardim suspenso, ainda mais na cidade, é preciso escolher as plantas minuciosamente, pensar no tipo de planta, que está relacionado ao clima da sua região, a poluição das áreas urbanas, principalmente nos grandes centros. No Brasil parece novidade, mas muitos países já consideram essa alternativa comum e estão comprando a ideia.

Jardim suspenso

Como fazer

Os jardim suspensos são feitos sobre os telhados das casas, essa alternativa serve para diminuir o calor e o impacto das mudanças climáticas principalmente nas metrópoles. Além disso, este tipo de jardim é considerado em algumas cidades do mundo como uma contribuição com o meio ambiente e por isso os cidadãos que constroem os seus jardins recebem abatimento nos impostos, além dos incentivos fiscais para projetos que estimulem esta prática.

Os jardins suspensos ao contrário dos verticais, exigem ainda mais preparo. É preferível que você contrate uma equipe ou mesmo um profissional para te orientar, quando o local escolhido para o jardim suspenso for o telhado da sua casa, principalmente. Pois existem também os jardim suspensos, que são pendurados dentro ou fora dos ambientes.

No entanto alguns cuidados são iguais na montagem dos dois modelos: esteja atento a como será feito o armazenamento e drenagem de água, o tamanho/ volume das raízes, o espaço, a base que será utilizada se está de acordo com o peso utilizado, essencial a escolha da grama a ser usada (no caso do telhado), preferir as que consomem maior quantidade de água.

Escolha das plantas

As plantas precisam atender há alguns requisitos que elas próprias são categorizadas: plantas de sol, que necessitam da luz solar durante no mínimo quatro horas todos os dias; nesta classe estão as onze-horas e as azaleias; existem também as plantas ‘meia –sombra’, não devem receber luz solar diretamente, mas necessitam de luz , nesta categoria incluem-se o lírio-da-paz e a violeta-africana.

Ecotelhado

E por último as plantas características da sombra, não precisam de luz solar ambientes claros, palmeiras e jiboia. Entre as gramas mais utilizadas para este tipo de jardim estão a grama –esmeralda, grama-amendoim, carpete- dourado, echevéria e cacto-margarida. São tipo de gramas que além do aspecto bonito tem durabilidade para estarem mais próximas das mudanças climáticas mais agudas, como o calor forte ou o frio.

Ecotelhado

O telhado verde ou ecotelhado, denominações dadas aos jardins suspensos, podem ser feitos sobre vários materiais de cobertura, até mesmo dos prédios. Podem ser montados sobre as lajes, ou telhados comuns como os telhados de fibrocimento, cerâmica e vários outros.

Modo de fazer um jardim suspenso Jardim suspenso- teto verde

Como montar um Jardim Suspenso

Confira um vídeo sobre como fazer uma horta vertical:

Pesquisar
Artigos Relacionados