BPF

links patrocinados

BPF

BPF

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) são um conjunto de ações que devem ser seguidas por qualquer empresa que produz algum tipo de produto que será consumido pelo público, como alimentos. Essas regras fazem com que a qualidade da produção esteja de acordo com a vigilância sanitária, sendo que a Anvisa (a Agência Nacional de Vigilância Sanitária) possa sempre fiscalizar de acordo com essas regras e esteja autorizada, inclusive, a multar as empresas que não sigam tais preceitos. Alguns exemplos incluem: o uso de luvas e toucas ao tocar nos alimentos, a fabricação realizada apenas com produtos dentro da validade e não alterados, etc.

No site oficial da Anvisa, é possível conferir que regras são essas, sendo que algumas são específicas para algumas fabricações, como é o caso de produtos de padarias, com ingredientes importados, etc. Existem inclusive legislações destinadas para alguns alimentos: gelados e comestíveis, água mineral e natural, palmito em conserva, amendoins processados e seus derivados, sal destinado ao consumo humano, frutas e hortaliças, entre outros. Existem quantidades específicas de ingredientes que não podem ser ultrapassadas, como é o caso do sódio, do cálcio, entre outros minerais essenciais para o nosso corpo.

Há uma descrição explicando todos esses benefícios, bem como relatórios e resoluções em PDF, para que os interessados fiquem completamente por dentro das exigências da vigilância sanitária. A empresa pode inclusive ser suspensa ou fechada caso não siga essas regras, pois pode causar riscos à população, como é o caso dos palmitos que podem causar botulismo em quem os consome (desde que eles não sigam essas regras e, dentre outras coisas, não seja fervido corretamente). Qualquer alimento pode causar alguma doença quando não é administrado da forma certa, como o leite que não é fervido a determinada temperatura ou os vegetais plantados em terra contaminada ou regados com água que não seja pura, etc.

Mais informações

Para evitar esse tipo de complicação é que a Anvisa resolveu padronizar todas as suas ações e fiscalizações, sendo publicado e divulgado as resoluções tanto na página oficial quanto pela mídia, além de um contato com sindicatos e representantes daquele setor alimentício específico. Dessa forma não há como afirmar que não estava informado das mudanças. Posteriormente, podem ser realizadas visitas de funcionários municipais da Vigilância para acompanhar as alterações de perto, sendo que a empresa fica sujeita à multas caso não faça as mudanças necessárias.

Na página oficial da Anvisa, você pode realizar consultas publicas sobre diferentes consolidações feitas pelo órgão, boletins online sobre novidades no setor alimentício, monitoração da qualidade dos produtos, bem como orientações gerais para os consumidores para evitar qualquer tipo de problema. É a partir dessas ações que a alimentação do brasileiro pode melhorar e ficar ainda mais diversa, sempre levando em consideração o momento da fabricação – que pode ser definidor quando se avalia a qualidade de um produto. Caso tenha qualquer dúvida, acesse o site oficial e entre em contato com a Anvisa Nacional ou procure a representante do seu município no próprio site, com endereço e telefone.

Fotos

BPFBPF
Boas Práticas de FabricaçãoBoas Práticas de Fabricação
Empresas que produzem produtos para consumo devem serguir a BPFEmpresas que produzem produtos para consumo devem serguir a BPF

Pesquisar
Artigos Relacionados