W/Brasil

links patrocinados

W/Brasil

W/Brasil

“Mais dias, menos dia, você será nosso cliente”. Com essa frase que as pessoas se deparam ao acessar o site da W/Brasil, uma das mais conhecidas e renomadas empresas brasileiras de publicidade. Muitas das propagandas transmitidas na televisão, em revistas, jornais e outros meios de comunicação são produzidas por essa agência, que consegue atrair clientes conhecidos mundialmente, como a Valisère e a Folha de São Paulo. Contudo, a W/Brasil não fabrica propagandas para governos ou empresas com fins políticos.

História da agência

Criada no ano de 1986, a empresa era originalmente unificada à agência suíça GGK, porém torna-se W/Brasil quando os sócios, Washington Olivetto, Gabriel Zellmeister e Javier Llussá Ciuret, transformam-se em majoritários. Reconhecida mundialmente por seu trabalho, a companhia já teve filiais em Portugal, Estados Unidos e Espanha, sendo que já recebeu mais de mil prêmios de publicidade pelas suas propagandas. Alguns nomes conceituados do ramo já passaram pela W/Brasil e contribuíram com um trabalho muito elogiado pela mídia, eles são Ruy Lindenberg, Ricardo Freire, Stalimir Vieira, Tomás Lorente, Nizan Guanes, Camila Franco, Celso Loducca, Kélio Rodrigues, Philippe Bachilli, Claudio Rangel e muitos outros.

W/Brasil atualmente

Devido às mídias sociais e o fácil acesso e transmissão de anúncios sem custo, as empresas de publicidade e propaganda estão passando por uma crise, com dificuldade em atingir o público, que antes lhe era fiel, como empresas de grande porte e novas companhias à procura de publicidade para seus negócios. Com isso, a W/Brasil uniu-se à McCann, principalmente após a saída de um dos sócios da empresa, o publicitário Washington Olivetto.

Sobre Washington Olivetto

O W escrito no nome da empresa vem da primeira letra do publicitário e empresário Washington Olivetto, o mentor da W/Brasil. Olivetto iniciou a faculdade de publicidade da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), porém não a terminou e logo adquiriu um emprego na Harding-Jiménez. Ainda trabalhou na Casabranca, na Lince e na DPZ, onde receberia o prêmio Leão de Ouro no Festival de Cannes, com a película ‘Homem com mais de quarenta|1| anos’. Junto à Francesc Petir, Olivetto produziu diversas propagandas bem sucedidas, sendo o criador do garoto-propaganda da Bombril, o ator Carlos Moreno. Devido aos prêmios adquiridos e ao seu trabalho bem executado, o publicitário chegou ao cargo de diretor de criação da DPZ.

Fazendo grande sucesso na mídia, Olivetto saiu da DPZ para fundar a W/Brasil em 1986, juntamente à empresa suíça GGK. Durante sua estadia na companhia, o publicitário recebeu mais de 50 Leões de Ouro de Cannes e mais outros mil prêmios de festivais como o Clio Awards e o CSSP. Os comerciais produzidos pela W/Brasil que mais chamaram a atenção do público foram ‘Hitler’ para a Folha de São Paulo, o casal Unibanco, o cachorro da Cofap e o inesquecível ‘Primeiro Sutiã’ para a Valisère. Em 2010, Washington uniu-se a McCann e fundou a W/McCann.

Notícias sobre a agência

Foi notícia em todos os jornais e revistas do Brasil a saída do executivo de marketing Fernando Mazzarolo da W/McCann, uma das cinco principais empresas de publicidade do país. No lugar de Mazzarolo entrou o publicitário Martin Montoya, que ocupava o cargo de diretor-geral da agência JWT. Com essa nova contratação, a W/McCann passou por uma nova virada nos negócios da empresa. Quando Mazzarolo estava na ocupação como executivo de marketing, a companhia chegou a aumentar sua lucratividade para 20%, sendo que em 2008 ela batia a cifra de 8% ao ano.

Fotos

Confira Fotos sobre W/Brasil:

Sobre W/Brasil Sócios W/Brasil Campanhas W/Brasil Washington Oliveto W/Brasil

Pesquisar
Artigos Relacionados