Universidades disponibilizam aulas de graça na web

Universidades disponibilizam aulas de graça na web

Todo mundo sabe que ter um curso superior hoje em dia é fundamental, tanto para a vida pessoal quanto profissional de uma pessoa. Só que tem muita gente que não consegue dedicar tempo para frequentar uma universidade – seja por outros compromissos, problemas financeiros ou de acesso, e para eles existem algumas opções, graças à evolução tecnológica: as aulas online.

Estes tipos de aula já eram ministradas nos chamados cursos à distância, mas recentemente alguns empreendedores como o engenheiro aeronáutico Carlos Souza resolveram tentar um novo modelo: disponibilizar aulas online, com os melhores professores do mundo, e o melhor: de graça.

A princípio pode parecer absurdo comprar aulas e fazer parcerias com universidades top no mundo para depois disponibilizá-las gratuitamente para quem quiser ver. Mas Carlos Souza também é especialista em marketing e garante que a ideia pode dar certo. Isso porque o portal Veduca – criado por ele e mais três sócios – serve também como divulgação para as universidades. Por meio de parcerias, os investimentos podem aumentar ainda mais. E quem sai ganhando é principalmente o usuário.

Aulas

Por enquanto o portal Veduca possui 70 video-aulas publicadas no portal, todas legendadas para o português. Esse é só o começo do trabalho, já que Souza pretende publicar um total de 4.712 aulas traduzidas.

As aulas estão hospedadas no portal organizadas por temas, o que facilita muito na hora da pesquisa. Segundo os fundadores do Veduca, eles têm recebido diversos e-mails de usuários elogiando o serviço e tem cosnciência de que estão democratizando o ensino, além de ajudar as pessoas a escolherem suas graduações ou especializações.

Coursera

O Veduca é uma ideia inovadora no Brasil, mas o modelo de negócio já existia antes lá fora: o principal portal de educação online gratuita é o Coursera, que tem parcerias com universidades como as de Michigan, berkeley, Princetown, Stanford e Pensilvânia. Ele foi ideia de professores de universidades que transpuseram suas aulas presenciais para a internet, e atraíram com isso 100 mil alunos de todo o mundo.

A ideia para este ano, segundo um dos criadores do Coursera, Andrew Ng., é alcançar a meta de 30 cursos online no portal, todos divididos em módulos e com aulas semanais, que ficarão disponiveis em arquivo para os alunos. O Coursera, assim como outros portais de ensino online existentes no exterior, se inspiraram em uma iniciativa do Massachussets Institute of Technology (MIT), o programa Open Course Ware, que iniciou suas atividades em 2002.

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados